eco.pteco.pt - 14 jun 18:07

General Motors faz história ao nomear primeira mulher CFO

General Motors faz história ao nomear primeira mulher CFO

Para além de Dhivya Suryadevara ser a primeira mulher CFO da General Motors, esta é também a primeira grande empresa automóvel com as duas principais posições de liderança femininas.

A nova CFO da General Motors (GM) é Dhivya Suryadevara, escolhida pela CEO Mary Barra. Juntas, vão liderar a empresa automóvel, um feito inédito numa indústria tipicamente masculina. Para além de ser a primeira grande companhia automóvel com duas mulheres na liderança, Dhivya é também a primeira mulher CFO da empresa.

A General Motors anunciou na quarta-feira que a nova diretora financeira vai assumir funções a 1 de setembro. Dhivya Suryadevara está na GM desde 2005 e é vice-presidente das finanças da empresa desde julho do ano passado. Vai substituir Chuck Stevens, CFO desde 2014, que se vai reformar, depois de mais de 40 anos na empresa.

Suryadevara destacou-se no seu papel ao participar na venda da Opel, o ramo europeu da GM, no investimento de 500 milhões de dólares no Lyft, e ainda ao ajudar a conseguir que o Softbank investisse no programa de carros auto pilotados da empresa, com 2,25 mil milhões de dólares.

Mary Barra é CEO da General Motors desde 2014, e tem feito trabalho elogiado pelos analistas, no sentido de reavivar a empresa depois da falência, em 2009. “A experiência e liderança da Dhivya em vários momentos-chave durante as nossas operações financeiras posiciona-a bem para continuar a entregar os resultados fortes que temos conseguido nos últimos anos”, disse, citada em comunicado, a respeito de Suryadevara.

"A experiência e liderança da Dhivya em vários momentos chave durante as nossas operações financeiras posiciona-a bem para continuar a entregar os resultados fortes que temos conseguido nos últimos anos.”

Marry Barra

CEO da General Motors

Só 23 companhias na Fortune 500 têm uma mulher CEO, e apenas uma tem mulheres nas posições de CEO e CFO: a Hershey. No ramo automóvel, a liderança da Fiat Chrystler, do grupo VW, da Daimler e da Toyota é toda masculina.

1
1