pplware.sapo.ptpplware.sapo.pt - 13 jun 12:03

Universidade de Aveiro anuncia estágios para licenciados por... 120€

Universidade de Aveiro anuncia estágios para licenciados por... 120€

Recentemente foi publicado na plataforma online do Gabinete de Estágios e Saídas Profissionais da Universidade de Aveiro dois estágios cuja remuneração é de apenas... 120€.

Atualização: Universidade de Aveiro fez chegar ao Pplware o comunicado em resposta ao Bloco de Esquerda

Portugal é um país com bons profissionais, apesar dos vencimentos não serem muito atrativos tendo em conta o cenário europeu. No entanto, há casos de tentativa de recrutamento simplesmente inadmissíveis!

Recentemente foi publicado na plataforma online do Gabinete de Estágios e Saídas Profissionais da Universidade de Aveiro dois estágios cuja remuneração é de apenas… 120€.

Segundo revela o Jornal Económico, o Gabinete de Estágios e Saídas Profissionais (GESP) da Universidade de Aveiro está a divulgar junto dos seus alunos, através da sua plataforma online, um anúncio para dois estágios na área de Design Gráfico e Comunicação onde se oferece uma remuneração mensal de 120 euros.

O anúncio pretende recrutar bacharéis e licenciados na área de Design ou indivíduos com Curso de Especialização Tecnológica na área do Design de Calçado e Marroquinaria durante seis meses.

Moisés Ferreira e Luís Monteiro, do Bloco de Esquerda, questionaram já Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior sobre o assunto, através de uma pergunta enviada para a Assembleia da República. Segundo os deputados

Este anúncio é inconcebível. Mais inconcebível ainda é o facto de um gabinete de uma universidade pública estar a divulgar tais anúncios

O BE “exige a retirada de tal anúncio” por considerar “insultuoso e por estar a promover abertamente a exploração e a precariedade de trabalhadores recém formados ou em vias de se formar”.

Atualização:

A Universidade de Aveiro fez chegar ao Pplware esta tarde, através do seu Gabinete de Comunicação, a resposta ao comunicado emitido pelo Bloco de Esquerda:

A Universidade de Aveiro (UA) possui uma política de escrupuloso respeito pelos direitos laborais e, além de tal, advoga a melhoria continua das condições de trabalho. Tal tem reflexos internos, na UA, e é ainda transposto, como exemplo, para com aqueles que se relacionam com a UA.

Esclarecemos que o caso específico agora referido pelo Bloco de Esquerda se trata de um Estágio Curricular (e, portanto, do ponto de vista legal, para o qual nem é exigível haver lugar a remuneração mensal). Daí a indicação no anúncio em causa se requerer como requisito mínimo o de “estudante”. Em todo o caso, a entidade proponente optou por também selecionar no formulário do anuncio outras possibilidades (como aquela de licenciado), não se devendo depreender de tal que na livre opção que lhe assiste em recrutar num nível superior ao de “estudante” a remuneração será aquela anunciada para o nível inferior. Para obviar interpretações erróneas como aquela que nos parece ter acontecido, o anuncio em causa já foi limitado à habilitação de “Estudante / Finalista”.

Aproveitamos o ensejo para mencionar que a Universidade possui uma politica de abertura a toda a comunidade, interna e externa, que lhe permite esclarecer de forma transparente e o mais direta possível quaisquer dúvidas sobre as ações ou portais geridos pela UA. Em face de tal, no caso específico em apreço, a Universidade de Aveiro lamenta não ter havido algum anterior contacto sobre o assunto específico de cima, designadamente por parte dos Srs. deputados Moisés Ferreira e Luis Monteiro

1
1