www.publico.ptpublico.pt - 18 mai 08:41

Televisão. André Macedo abandona RTP

Televisão. André Macedo abandona RTP

Director-adjunto estava no canal público de televisão há menos de dois anos.

O director-adjunto da RTP, André Macedo, vai abandonar as funções para as quais foi nomeado há menos de um ano. É o próprio quem o confirma numa mensagem publicada, na noite de quinta-feira, na rede social Twitter, sem no entanto adiantar qual será o seu futuro profissional.

Numa curta mensagem, Macedo escreve “Sim, confirmo. Vou deixar a RTP ao fim de dois anos”, aproveitando para fazer um balanço da sua passagem pelo canal público de televisão: “Fiz um bom programa - que falta de modéstia! Deixo alguns amigos”.

André Macedo foi nomeado director-adjunto da RTP em Junho de 2016, numa altura em que era ainda director do Diário de Notícias. A sua escolha teve então a oposição do conselho de redacção do canal público, que considerou “inexplicável a assunção de mais um elevado encargo salarial” numa altura em que a estação enfrentava uma “política de baixos vencimentos”. Segundo o documento, situações como esta acentuam “sentimentos de injustiça, frustração e mal-estar.”

“A evidente carência de recursos humanos para a realização de tarefas quotidianas da redacção faz com que seja prioritária a contratação de jornalistas-repórteres, em detrimento de jornalistas-directores”, lia-se ainda no parecer enviado ao Conselho de Administração. Na mesma altura, a Entidade Reguladora para a Comunicação emitiu parecer positivo à sua contratação pela RTP.

Macedo esteve na fundação do jornal i e da revista Sábado. Foi também fundador e director do jornal digital Dinheiro Vivo e dirigiu igualmente o Diário Económico. Como jornalista, passou pelo Correio da Manhã, o diário desportivo Record e a extinta revista Focus.

Na mesma mensagem publicada no Twitter, André Macedo dá conta de que abriu “um novo ciclo”. “Vamos a isto. Há muito a fazer”, termina, sem adiantar mais novidades sobre o seu futuro profissional.

1
1