expresso.sapo.ptexpresso.sapo.pt - 18 mai 11:08

Malásia: polícia apreende artigos de luxo e dinheiro em buscas a propriedades do antigo primeiro-ministro

Malásia: polícia apreende artigos de luxo e dinheiro em buscas a propriedades do antigo primeiro-ministro

As buscas estão relacionadas com as investigações ao fundo de desenvolvimento estatal 1MDB. Najib Razak terá embolsado 700 milhões de dólares, acusação que Razak sempre negou e da qual foi inocentado pelas autoridades malaias. O seu sucessor, Mahathir Mohamad, revelou que está a considerar reabrir o caso

As autoridades policiais na Malásia anunciaram esta sexta-feira que apreenderam centenas de caixas contendo artigos de luxo e carteiras cheias de moeda estrangeira em propriedades ligadas ao antigo primeiro-ministro, Najib Razak. As buscas na capital do país, Kuala Lumpur, estão relacionadas com as investigações ao fundo de desenvolvimento estatal 1MDB.

As suspeitas de corrupção relacionadas com o fundo de desenvolvimento foram uma das principais causas da derrota eleitoral de Razak para o seu antigo aliado e agora primeiro-ministro, Mahathir Mohamad. O ex-chefe de Governo poderá ter embolsado 700 milhões de dólares (cerca de 593 milhões de euros), acusação que Razak sempre negou e da qual foi inocentado pelas autoridades malaias. O antigo primeiro-ministro continua, no entanto, a ser investigado por vários outros países.

Mahathir Mohamad fez saber que está a considerar reabrir o caso, dizendo que acredita que o dinheiro perdido ainda pode ser recuperado. Mohamad já proibiu o seu antecessor de deixar o país.

O chefe da unidade de investigação criminal da polícia, Amar Singh, disse que entre os artigos apreendidos estão “284 caixas contendo carteiras de marca”. No interior dessas carteiras, a polícia encontrou várias moedas, incluindo dólares americanos, relógios e joias.

Para o advogado de Najib Razak, as buscas constituem “assédio injustificado”.

1
1