desporto.sapo.ptdesporto.sapo.pt - 18 mai 08:43

Taça de Portugal: Iordanov diz que Sporting tem de ganhar para compensar os adeptos

Taça de Portugal: Iordanov diz que Sporting tem de ganhar para compensar os adeptos

Antigo avançado búlgaro não tem dúvidas que os 'leões' vão sentir um forte apoio da massa associativa....

O antigo avançado búlgaro do Sporting Ivalyo Iordanov não tem dúvidas que os 'leões' vão sentir um forte apoio da massa associativa na final da Taça de Portugal de futebol, desconhecendo, por outro lado, o que falhou na época.

Em 10 anos no clube de Alvalade, o ponta de lança da Bulgária apontou 73 golos em 272 encontros, incluindo os dois da vitória sobre o Marítimo na final da Taça de 1995. Hoje, com 50 anos, não tem dúvidas que a equipa 'leonina' tem todas as condições para levantar o troféu da segunda prova mais importante em Portugal, no domingo.

"Os jogadores têm que vencer, sabendo que a massa associativa de todo o país e de todo mundo de sportinguistas estão à espera que vençam. Tenho a certeza que vão apoiar a equipa da mesma forma que apoiaram até agora. Falta de apoio não vão sentir e tenho a certeza que muita gente vai para o Estádio apoiar", começou por dizer, em declarações à agência Lusa.

Iordanov falava antes do ataque de terça-feira na Academia do Sporting, em Alcochete, onde dezenas de alegados adeptos encapuzados invadiram as instalações e agrediram jogadores e equipa técnica, depois de a equipa ter sido derrotada no terreno do Marítimo, na última jornada da I Liga, perdendo o segundo lugar para o Benfica

Sem esquecer do valor do Desportivo das Aves, Iordanov apenas aponta para um objetivo, o de vencer: "[A final] é para ganhar, com todo o respeito pela outra equipa. O Sporting tem que ganhar. Nunca é fácil, mas os jogadores do Sporting têm que estar motivados se querem ganhar o título".

Iordanov reconhece o impacto negativo que o terceiro lugar na I Liga e consequente ausência das eliminatórias de acesso à Liga dos Campeões teve no seio do balneário e no clube. Contudo, relembra que os jogadores são "profissionais e devem levantar a cabeça".

"O jogo na Madeira não foi bom, não conseguimos o segundo lugar para a pré-eliminatória da Liga dos Campeões, mas já passou e temos que levantar a cabeça. Agora, no domingo, é muito importante ganhar o título", insistiu.

Ainda assim, o antigo avançado não quis entrar em pormenores, mas deixou no ar que alguma coisa faltou à equipa de Jorge Jesus para que conseguisse outra posição.

"Faltaram pontos para conseguir o primeiro lugar, mas não sei mais porque não estou dentro do balneário. Faltou alguma coisa, o que faltou só as pessoas que estão lá dentro é que podem saber", lamentou.

No domingo, Sporting e Desportivo das Aves defrontam-se no Estádio do Jamor, em Oeiras, pelas 17:15.

1
1