desporto.sapo.ptdesporto.sapo.pt - 18 mai 08:53

Regularidade ao longo da época é o segredo do Mafra para subir de divisão

Regularidade ao longo da época é o segredo do Mafra para subir de divisão

Treinador Luís Freire mostra-se confiante na subida de divisão.

O treinador do Mafra, Luís Freire, considera que a regularidade da sua equipa ao longo da temporada no Campeonato de Portugal de futebol é o segredo do trabalho conseguido, que só pode terminar com a subida de divisão.

"É a regularidade. Temos sido regulares: 21 vitórias na série D. Há um grande espírito de grupo, muita união, uma empatia forte com os jogadores e uma direção que também tem tentado cumprir com toda a gente e, claro, o muito apoio dos adeptos este ano", começou por referir Luís Freire, em declarações à àgência Lusa.

Após dois anos consecutivos no terceiro escalão do futebol português, o Mafra nunca esteve tão perto de regressar aos grandes relvados. Após deixar para trás o Vilaverdense na fase anterior e de ter vencido de forma esclarecedora a sua série, segue-se agora o União de Leiria, uma equipa de "excelentes executantes e com um treinador com provas dadas", segundo Luís Freire.

"Temos a consciência que estamos numa fase em que as equipas são muito fortes. O União de Leiria provou na sua série que em tem excelentes executantes e um excelente treinador com provas dadas nesta divisão. É um jogo que vamos enfrentar uma grande equipa, mas convencidos que também somos essa grande equipa", alertou o jovem treinador, de apenas 32 anos.

Contudo, o técnico, que já conta com quatro subidas no currículo em outros escalões, lembra que nem todos acreditaram nas potencialidades dos seus jogadores, frisando que o grande objetivo agora é fazer regressar o Mafra à II Liga.

"O Mafra quer, claramente, levar à avante a sua carreira deste ano e subir de divisão. Temos as nossas forças e penso que será uma eliminatória muito equilibrada. Penso que o Mafra foi um clube que não foi valorizado, ganhou a sua série, provou o seu valor e ganhou estes dois jogos a eliminar ao Vilaverdense", recordou.

Para o duelo diante do União de Leiria, Luís Freire foi corrosivo: "O Mafra tem as mesmas hipóteses, mas sei que não é visto assim por fora. Temos a consciência que temos uma palavra forte a dizer e vamos dar tudo por tudo para subir de divisão".

Por fim, contou como o balneário está a viver os dias que antecedem os encontros, "sem pressão", salientando que o Mafra também não foi dos clubes do Campeonato de Portugal que mais investiu.

"Os jogadores estão felizes pelo que têm feito, estão esperançados, entusiasmados e motivados, mas não há pressão. Há uma ansiedade positiva e assumimos uma candidatura, mas não a todo o custo. Não investimos demasiado e estamos a levar as coisas com o otimismo de conseguirmos fazer história", concluiu.

No sábado, o Mafra recebe o União de Leiria, no Estádio Dr. Mário Silveira, pelas 17:00, deslocando-se a Leiria no dia 27, à mesma hora, para a segunda partida no Estádio Dr. Magalhães Pessoa.

1
1