eco.pteco.pt - 17 mai 19:19

A tarde num minuto

A tarde num minuto

Não teve tempo de ler as notícias esta tarde? Fizemos um best of das mais relevantes para que fique a par de tudo o que se passou, num minuto.

A crise no Sporting chegou aos mercados. Os títulos recuaram mais de 17%, penalizados pelos receios em torno das eventuais perdas para SAD após o ataque aos jogadores em Alcochete. As propostas, que vêm abrir a porta à divulgação dos grandes devedores dos bancos que já receberam ajudas públicas, serão discutidas na especialidade.

A crise no Sporting chegou aos mercados. Os títulos recuaram mais de 17%, penalizados pelos receios em torno dos eventuais prejuízos que o episódio de violência com os jogadores do clube em Alcochete possa ter na SAD.

O Parlamento aprovou, esta quinta-feira, vários projetos de lei que abrem a porta à divulgação dos grandes devedores dos bancos que já tenham recebido ajudas públicas. Foram aprovadas as propostas do Governo, do PCP, do Bloco de Esquerda e do CDS-PP, tendo sido chumbado o projeto do PSD. As propostas aprovadas em plenário serão agora discutidas na especialidade.

Os membros dos gabinetes do Governo e de outros órgãos de soberania vão ver os seus salários aumentados através do fim progressivo dos cortes de 5%, mas não faz parte dos planos do Governo tomar a mesma medida para os vencimentos dos políticos. Nem este ano, nem no próximo. O que significa que no final desta legislatura, os políticos serão os únicos que ainda não recuperaram as reduções remuneratórias impostas com a crise.

O Fisco considera incorreto, e com motivo para multas, a emissão de faturas simplificadas com a descrição “prato do dia”, “fruta do dia” ou “sobremesa do dia”, revela uma informação vinculativa da Autoridade Tributária (AT).

Fortunato foi presidente da APPICAPS durante 18 anos, Luís vai a caminho do seu segundo ano no mesmo cargo. Um é líder de uma das maiores empresas do setor (Kyaia), o outro é um dos rostos mais mediáticos do calçado de luxo em Portugal (Luís Onofre). O ECO desafiou os dois para falarem do setor que, a partir desta quinta-feira discute, no Porto, em congresso mundial, o futuro da indústria no plano internacional. O encontro reúne no Porto mais de 450 profissionais ligados a esta indústria que vêm de todo o mundo.

1
1