eco.pteco.pt - 17 abr 16:35

O primeiro “vinil HD” poderá chegar às lojas em 2019

O primeiro “vinil HD” poderá chegar às lojas em 2019

Startup austríaca recebeu um financiamento no valor de 4,8 milhões de dólares para desenvolver um vinil em alta definição, que poderá chegar às lojas em 2019.
A forma como ouvimos música tem vindo a mudar. Unsplash

Ao contrário do que aconteceu com as cassetes, os LPs (Long Play) nunca chegaram a desaparecer por completo. E, em breve, poderá chegar ao mercado um novo formato que, certamente, irá revolucionar o mundo da música: o disco de vinil em HD ou alta definição.

O projeto, financiado no valor de 4,8 milhões de dólares (mais de 3,8 milhões de euros), será desenvolvido por uma startup austríaca, a Rebeat Innovation, e “poderá chegar às lojas já em 2019“, disse o fundador e CEO da empresa, Günter Loibl, à publicação Pitchfork.

A ideia, patenteada em 2016, era produzir discos “mais fiéis ao áudio, volume mais alto e tempos de reprodução mais longos do que os tradicionais LPs”.

Para criar um “vinil HD” é necessário converter o áudio, digitalmente, num mapa topográfico 3D. Os lasers são depois usados para “imprimir” este mapa no vinil. Este método permite, assim, que os discos sejam feitos com maior precisão e com menos perda de informações de áudio”, disse Günter Loibl à mesma publicação.

Para além disso, podem ter “até mais 30% de tempo de reprodução, mais 30% de amplitude e uma reprodução de som mais fiel”, afirmou o fundador e CEO da Rebeat Innovation, acrescentando que os novos vinis irão tocar em qualquer gira-discos.

1
1