mag.sapo.ptmag.sapo.pt - 17 abr 15:34

Fernando Tordo: "À excepção do dia da minha morte, não me imagino sem música"

Fernando Tordo: "À excepção do dia da minha morte, não me imagino sem música"

Fernando Tordo celebra 50 anos de carreira com dois concertos especiais. Antes de subir a palco, o músico conversou com o SAPO Mag.

70 anos de vida, 50 anos de carreira como compositor e 54 anos de canções. Fernando Tordo vai celebrar o meio século dedicado à música esta quarta-feira, 18 de abril, no  Teatro Tivoli, em Lisboa, e no próximo dia 27 no Porto, na Casa da Música.

A propósito dos concertos, Fernando Tordo conversou com o SAPO Mag sobre a sua carreira e a importância da música na sua vida.

VEJA NO VÍDEO A ENTREVISTA:

"Fundamental nestes concertos é a apresentação do meu octeto - são oito grandes músicos portugueses. Portanto, ensaiar o octeto, apresentar a minha música e os convidados. Os convidados do disco de duetos estarão no concerto - neste caso, estará a Anabela, que cantou a minha canção no Festival da Canção, estará a Marisa Liz; no Porto, teremos a Rita Redshoes, que não pode estar em Lisboa; até o meu próprio filho, que é um pianista clássico, o Filipe, vai acompanhar-me. Vou fazer um dueto com um filho. Um filho a acompanhar o pai ao piano, é giro.

Em Lisboa, Fernando Tordo vai contar ainda com Ricardo Ribeiro, um "querido amigo" do músico. "Interessa-me muito essa faceta. A música é melhor se o relacionamento humano for muito bom. E estas pessoas que eu convidei são pessoas do meu coração", frisou o artista em conversa com o SAPO Mag.

Partilhar Partilhar Partilhar
1
1