observador.ptobservador.pt - 17 abr 15:50

Centro Cultural Português em Maputo lança dois livros moçambicanos premiados

Centro Cultural Português em Maputo lança dois livros moçambicanos premiados

Prémio Literário Eugénio Lisboa em Moçambique tem o objetivo de incentivar a criação literária no país. "Mundo Grave" e "Bebi do Zambeze" vão ser os dois livros publicados.

O Centro Cultural Português em Maputo apresenta esta terça-feira dois livros distinguidos na 1.ª edição do Prémio Literário Imprensa Nacional Casa da Moeda (INCM)/Eugénio Lisboa, anunciou a instituição. O prémio que pretende incentivar à criação na literatura moçambicana estreou-se em novembro de 2017: a obra inédita “Mundo Grave”, de Pedro Pereira Lopes, foi o trabalho vencedor, e “Bebi do Zambeze”, de António Manna, foi agraciada com uma menção honrosa.

O escritor Ungulani Ba Ka Khosa, na qualidade de presidente do júri do concurso, vai esta terça-feira apresentar a obra de António Manna, cabendo a Duarte Azinheira, diretor da unidade de edição da INCM, a apresentação do livro de Pedro Pereira Lopes. A atriz Assucena Daniel vai ler excertos das obras, numa sessão que contará ainda com a participação do músico Zé Maria.

A INCM criou o Prémio Literário Eugénio Lisboa em Moçambique com o objetivo de incentivar a criação literária naquele país lusófono, oferecendo um prémio pecuniário de cinco mil euros, além da publicação da obra. Ao Prémio INCM/Eugénio Lisboa apresentaram-se 36 candidatos, dos quais 22 entregues em instalações do Instituto Camões, em Maputo, 11 em Nampula, dois na cidade da Beira e um em Lisboa.

1
1