www.publico.ptpublico.pt - 17 abr 16:01

Alemanha. Videoárbitro indica penálti já depois do apito para o intervalo

Alemanha. Videoárbitro indica penálti já depois do apito para o intervalo

Juiz do encontro entre o Mainz e o Friburgo teve de chamar os jogadores que se encaminhavam para os balneários para se marcar a grande penalidade.

A utilização do videoárbitro no principal campeonato de futebol da Alemanha está novamente debaixo de fogo, depois da controversa decisão tomada pela equipa de arbitragem que dirigiu o Mainz-Friburgo, que encerraram a 30.ª jornada da Bundesliga. 

Minutos depois de apitar para o final da primeira parte, o juiz Guido Winkmann foi alertado pelo VAR para uma falta na grande área da equipa visitante, por ter havido mão na bola. Winkmann acabou por chamar os jogadores de volta para o relvado para se poder bater o castigo máximo, situação que gerou muitos protestos junto dos jogadores do Friburgo.

Quando Winkmann decidiu assinalar a grande penalidade a favor do Mainz, alguns atletas já se encontravam nos balneários ou no túnel de acesso ao terreno de jogo – e o relvado estava a ser regado.

Seis minutos e 44 segundos depois do apito do árbitro para o intervalo, o argentino Pablo de Blasis marcou o penálti, com sucesso, e colocou a equipa da casa em vantagem por 1-0. A Bundesliga assumiu o minuto 46 como o tempo oficial do golo.

Em declarações ao canal Eurosport ao intervalo, o director desportivo do Friburgo Jochen Saier afirmou que sofrer um golo daquela forma deixou “um sabor amargo” na equipa e admitiu que os jogadores tiveram de “aceitar a decisão com o coração pesado”.

PÚBLICO - Foto Momento em que Mar-Oliver Kempf intercepta cruzamente de Daniel Brosinski com a mão KAI PFAFFENBACH / Reuters

De Blasis viria a bisar na partida, aos 78 minutos, e o Mainz venceu por 2-0. Com este resultado, a equipa da casa ultrapassou o Friburgo na tabela classificativa – ambos têm 30 pontos mas o Mainz tem vantagem no confronto directo –, ficando uma posição acima (15.º) dos lugares de despromoção.

1
1