www.dinheirovivo.ptdinheirovivo.pt - 14 mar 15:41

Limite aos juros nos cartões de crédito desce para novos mínimos

Limite aos juros nos cartões de crédito desce para novos mínimos

O Banco de Portugal informou qual o juro máximo que poderá ser cobrado no crédito ao consumo e nos cartões de crédito durante o segundo trimestre.

O supervisor liderado por Carlos Costa reviu em baixa o juro máximo que as entidades financeiras podem cobrar nos cartões de crédito. No segundo trimestre a taxa fica limitada a 15,9% nos cartões de crédito, contas correntes bancárias e facilidades a descoberto, segundo um comunicado divulgado pelo Banco de Portugal esta quarta-feira. Esse teto máximo chegou a ser superior a 25% em 2013.

Os juros máximos para o segundo trimestre são os mais baixos desde o início dos dados do Banco de Portugal, que remontam a 2013. Também no crédito automóvel, o limite está em mínimos em alguns segmentos. A taxa máxima que pode ser cobrada na locação financeira ou ALD de carros novos baixa de 5,2% para 5%. Já o crédito automóvel com reserva de propriedade para carros novos ficou inalterado em 9,7%, o que constitui também um mínimo.

Juros credito

Desde 2010 que o supervisor impõe um teto máximo nos juros que são cobrados, tendo alterado a forma de cálculo em 2013. “As taxas máximas correspondem às taxa anual de encargos efetiva global (TAEG) médias praticadas pelas instituições de crédito no trimestre anterior, nos diferentes tipos de contratos, acrescidas de um quarto. Nenhuma taxa pode ainda ultrapassar em 50% a TAEG média da totalidade dos contratos de crédito aos consumidores celebrados no trimestre anterior”, explica o supervisor no Portal do Cliente Bancário.

1
1