mag.sapo.ptmag.sapo.pt - 14 mar 16:22

Filho de Clint Eastwood quer ser o próximo Wolverine

Filho de Clint Eastwood quer ser o próximo Wolverine

Scott Eastwood é um dos jovens a construir nome em Hollywood e mostrou-se muito disponível para ser o sucessor de Hugh Jackman.

Scott Eastwood chegou-se à frente e tomou a iniciativa, anunciando que está disponível para ser o próximo Wolverine no cinema, agora que Hugh Jackman anunciou que "Logan" seria a sua despedida da personagem.

Screen Rant quis saber ser o filho de Clint Eastwood estaria interessado em mais filmes de super-heróis após trabalhar em "Esquadrão Suicida" (2016) e a resposta foi afirmativa, "se surgisse a oportunidade".

O ator confirmou a seguir que tem noção que é o preferido de muitos fãs e acrescentou mais uns pormenores que ficam bem em qualquer proposta espontânea de "casting": "Adoro o Wolverine. É uma das minhas personagens de comic book preferidas de todos os tempos. É um renegado. Um renegado completamente rebelde. Ele é tipo imprevisível, não respeita as regras... é o tipo de personagem que adoro".

Para que não restassem dúvidas, quando o Screen Rant perguntou se estaria completamente disponível se a proposta chegasse, a resposta foi "a 100%" .

Continuar a ler

A dar passos seguros em direção ao estrelato ("Uma Vida ao Teu Lado", "Velocidade Furiosa 8", "Overdrive - Os Profissionais", "Batalha do Pacífico: A Revolta"), mas ainda a faltar para isso o "tal" filme, Scott Eastwood tem 31 anos, curiosamente a mesma idade de Hugh Jackman ao ser escolhido para "X-Men" (2000), quando o filme já estava em rodagem há três semanas.

Outro dado intrigante: as inspirações do australiano para o mutante que interpretou em nove filmes foram Mel Gibson nos filmes "Mad Max" e... Clint Eastwood em "Dirty Harry".

Ainda assim, vai demorar até se conhecer o futuro Wolverine: a Disney é dona da Marvel Studios, mas os direitos do universo "X-Men" estão na posse de outro estúdio, a 20th Century Fox, sobre o qual o estúdio do rato Mickey apresentou uma proposta de aquisição que ainda tem de ser aprovada pelas autoridades da anti-concorrência.

Kevin Feige, presidente da Marvel Studios, também deitou água na fervura, dizendo que qualquer cruzamento entre os X-Men e os Vingadores está "a anos de distância": "Anunciámos tudo até 2019, portanto nada disso vai ser ajustado. Não estamos a pensar no assunto. Estamos focados em tudo o que já anunciámos. Começaremos a pensar mais nisso se e quando o acordo realmente se concretizar. Até essa altura , temos muito para fazer".

Partilhar Partilhar Partilhar
1
1