www.jornaldenegocios.ptjornaldenegocios.pt - 14 mar 21:51

Postos de carga rápida de carros eléctricos vão estar em baixo

Postos de carga rápida de carros eléctricos vão estar em baixo

Os postos de carga rápida da Galp e da Mobilectric vão estar em manutenção esta semana. A acção afecta postos nas auto-estradas A1, A2 e A5. A Galp prevê ter a operação concluída até segunda-feira.
Vários postos de carregamento rápido (PCR) de carros eléctricos da Galp e da Mobilectric vão ser alvo de manutenção ao longo desta semana para substituir tomadas de corrente danificadas.

Dos 19 PCR da Galp em várias auto-estradas (A1, A2, A5 e A22), 14 vão ser alvo de manutenção esta semana. "Recebemos um alerta de que as cablagens utilizadas num dos standards teriam de ser substituídas por motivos de segurança, e é isso que está a ser feito pela Efacec", explica fonte oficial da Galp ao Negócios. A empresa apontava para quarta-feira o regresso à operação de alguns PCR, mas que as reparações só estarão concluídas na segunda-feira, 19 de Março.

Por seu turno, a Mobilectric conta com um total de oito PCR nos concelhos de Lisboa, Porto, Braga, Cascais, Loures, Matosinhos e Gaia, segundo a revista Veículos Eléctricos. O Negócios contactou a Mobi.e, mas não obteve respostas até ao fecho da edição. Portugal conta com 51 PCR, sendo 29 em auto-estradas e 22 em várias cidades.

Esta paragem levou a Associação de Utilizadores de Veículo Eléctrico (UVE) a divulgar um comunicado na terça-feira, no qual criticava a Galp e a Mobilectric por terem desligado estes postos "sem qualquer aviso prévio". "Esta atitude inaceitável, deixou vários utilizadores de veículos eléctricos, que estavam em viagem com as suas famílias, sem possibilidade de regressar às suas casas, tendo necessidade de recorrer a carregamentos em tomadas domésticas ou ao reboque das suas viaturas", disse a UVE.

Questionada sobre a falta de informação, a Galp respondeu que "quem gere a rede de carregamento de veículos eléctricos, incluindo os pontos de carregamento localizados nas áreas de serviço da Galp, é a Mobi.e, que enviou [na terça-feira] uma mensagem a todos os utilizadores".

O Negócios teve acesso a um e-mail de terça-feira, em que a Mobi.e explica, precisamente, que vários postos de carga rápida da Galp iriam estar encerrados nos "próximos dias". A Mobi.e aconselha no site os viajantes a consultarem o mapa ( www.mobie.pt/map) antes de viajarem para verificarem os estados dos PCR.
1
1