www.computerworld.com.ptcomputerworld.com.pt - 14 mar 18:23

IUC lança “Aprendizagem Computacional em Engenharia”

IUC lança “Aprendizagem Computacional em Engenharia”

A obra é da autoria das docentes e investigadoras Catarina Silva e Bernardete Ribeiro sob a chancela da Imprensa da Universidade de Coimbra.

A Imprensa da Universidade de Coimbra acaba de lançar o livro “Aprendizagem Computacional em Engenharia”, da autoria das docentes e investigadoras Catarina Silva e Bernardete Ribeiro.

Em comunicado de imprensa, é explicado que o livro “permite que engenheiros possam usar técnicas de aprendizagem computacional para desenvolver soluções que promovam ou melhorem a produtividade nos vários domínios”. A obra já está disponível na Amazon, sendo também disponibilizada em formato digital na comunidade da Universidade de Coimbra, avançou ao Computerworld fonte oficial da instituição.

Entre outros temas, são explanados no compêndio “abordagens conexionistas, técnicas de aprendizagem por aglomeração de dados, lógica difusa e métodos de computação evolucionária, entre outros, tendo sempre em mente a utilização das técnicas de uma forma rápida e eficiente, sem descurar, no entanto, o rigor que o assunto merece”, explica comunicado.

A obra tem como destinatários profissionais, muitas vezes engenheiros não peritos em informática ou ciências da computação e “dá um passo no sentido de que engenheiros possam usar as técnicas da aprendizagem computacional para desenvolver soluções que promovam ou melhorem a produtividade nos vários domínios. A aprendizagem computacional permite não só a identificação de conceitos a partir dos dados, mas pode também vir a interagir com ferramentas computacionais já existentes apoiando assim a engenharia nas suas diversas vertentes”.

“A maioria dos verdadeiros utilizadores de algoritmos de aprendizagem computacional não são peritos em engenharia informática, ciências da computação, ou em matemática”, sublinham as autoras.

As autoras recordam que, actualmente, “a utilização de algoritmos de aprendizagem computacional está completamente disseminada nas mais variadas tarefas de engenharia” e, “na realidade, a maioria dos verdadeiros utilizadores de algoritmos de aprendizagem computacional não são peritos em engenharia informática, ciências da computação, ou em matemática. São profissionais, muitas vezes engenheiros de outras áreas, como a engenharia civil ou a engenharia electrotécnica, que pretendem tirar o maior proveito dos algoritmos de aprendizagem para resolver problemas reais, a que os algoritmos mais tradicionais não conseguem responder completamente”.

Sobre as autoras

Catarina Silva licenciou-se em engenharia electrotécnica e obteve o mestrado e o doutoramento em engenharia informática na Universidade de Coimbra. É professora no Instituto Politécnico de Leiria desde 1997. É também investigadora no Grupo de Computação Adaptativa do Centro de Informática e Sistemas da Universidade de Coimbra (CISUC). É vice-presidente da secção portuguesa do Institute of Electrical and Electronics Engineers (IEEE) e presidente da Assembleia Geral da Associação Portuguesa de Reconhecimento de Padrões (APRP).

Bernardete Ribeiro é professora no Departamento de Engenharia Informática da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, tendo obtido o Doutoramento em Engenharia Electrotécnica, especialidade de Informática, e a agregação em Engenharia Informática. É directora do CISUC, presidente da APRP e fundadora e directora do Laboratório de Redes Neuronais Artificiais (LARN).

 Por Comunicado de imprensa Tags
1
1