observador.ptobservador.pt - 15 fev 18:20

É oficial: os Smashing Pumpkins vão voltar a juntar-se para tocar os clássicos

É oficial: os Smashing Pumpkins vão voltar a juntar-se para tocar os clássicos

Mas, para já, só nos Estados Unidos da América e sem a inclusão da baixista original, D'Arcy Wretzky, que não se vai juntar aos fundadores Billy Corgan, James Iha e Jimmy Chamberlin na estrada.

Depois de muita controvérsia, foi finalmente anunciada a digressão que voltará a juntar quase todos os fundadores dos Smashing Pumpkins na estrada. O vocalista e guitarrista Billy Corgan, líder da banda de Chicago e único fundador que fez parte de todas as formações da banda desde o seu início (1988), voltará a atuar com o guitarrista James Iha e o baterista Jimmy Chamberlin em 36 cidades americanas, numa digressão de verão que começará a 12 de julho e terminará a 7 de setembro. Já os desentendimentos com D’arcy Wretzky foram impossíveis de contornar e a baixista, que esteve na banda apenas até 1989, será a única ausente da digressão.

A tournée acontece no ano (2018) em que os Smashing Pumpkins celebram três décadas de existência. Nos palcos americanos, os três fundadores da banda irão revisitar os maiores êxitos do grupo. O alinhamento deverá centrar-se nos álbuns Gish, Siamese Dream (de “Cherub Rock” a “Today” e “Disarm”), Mellon Collie and the Infinite Sadness (“Bullet with Butterfly Wings”, “1979”, “Tonight, Tonight” e “Zero”), Adore (“Ava Adore” e “Perfect”) e Machina/The Machines of God, os primeiros cinco discos do grupo, gravados antes da ruptura de Corgan com os restantes membros.

Este formato de espetáculo será diferente de tudo o que já fizemos e terá um alinhamento que não se assemelha sequer remotamente ao que temos tocado. Como isto é uma oportunidade para um novo começo, tencionamos marcá-la com estrondo”, apontou Billy Corgan, citado pela Rolling Stone.

A baixista D’arcy Wretzky não estará presente por divergências com o resto do grupo, em especial com o vocalista Billy Corgan. Os dois entraram em despiques públicos recentes acerca da digressão, com D’arcy a defender que Billy, James e Jimmy deixaram-na de parte e não a queriam de volta a cem por cento, ao passo que Corgan reiterou que os três fundadores tentaram ter a baixista envolvida da maneira mais frutífera possível.

As datas da digressão podem ser consultadas na página oficial dos Smashing Pumpkins na Internet. A banda americana revelou um teaser para os espetáculos, em que dois anjos parecem evocar a icónica capa de Siamese Dream. Não há ainda informações sobre a existência de qualquer digressão europeia no futuro. Contudo, em mensagens trocadas entre D’arcy Wretzky e Billy Corgan — e reveladas pela primeira –, o cantor e guitarrista deixava antever essa vontade, referindo que precisavam de “provar ao mundo que conseguiam competir ao mais alto nível ou nunca conseguiriam fazer digressões fora da América”.

1
1