rr.sapo.ptrr.sapo.pt - 15 fev 18:21

Primeiro-ministro australiano proíbe sexo entre membros do Governo

Primeiro-ministro australiano proíbe sexo entre membros do Governo

Caso extraconjungal que envolveu vice-primeiro ministro e uma ex-funcionária espoletou grande controvérsia, e levou à saída do governante.

O primeiro-ministro australiano, Malcolm Turnbull, vai proibir relações sexuais entre ministros e funcionários do Governo, em resposta a um escândalo que atingiu o vice-primeiro-ministro e líder do partido Barnaby Joyce.

Turnbull anunciou a proibição no final de uma semana parlamentar dominada pela controvérsia sobre o relacionamento de Joyce com uma ex-funcionária, Vikki Campion.

O caso começou a tornar-se público quando o jornal "Sydney Daily Telegraph" publicou uma fotografia de primeira página confirmando o fim do casamento de 24 anos de Joyce e a gravidez da amante Campion. O primeiro-ministro disse esta quinta-feira que o companheiro de Governo cometeu "um erro de julgamento impressionante" e criou muitos problemas para as mulheres que o rodeiam.

E acrescentou que a decisão que tomou é para que Joyce possa refletir e conseguir o perdão da sua ex-esposa e das quatro filhas, "e construir uma nova casa à nova companheira e ao seu bebé".

Turnbull disse ainda que o código de ética ministerial precisava de aludir “claramente sobre os valores de respeito nos locais de trabalho e os valores de integridade que os australianos esperam que tenhamos".

O primeiro-ministro australiano considera que o povo espera que os parlamentares se comportem de forma decorosa. Os ministros precisavam estar "muito conscientes de que seus cônjuges e filhos sacrificam muito, e que lhes é devido respeito e honra”.

E rematou a dizer que, de forma muito clara e inequívoca, que os ministros, independentemente de serem casados ou solteiros, “não devem se relacionar com pessoal".

Entretanto, Barnaby Joyce, segundo os media australianos, está mais decidido a permanecer como líder do Partido Nacional depois do discurso de Malcolm Turnbull.

1
1