rr.sapo.ptrr.sapo.pt - 15 fev 13:23

Manuel Serrão. "FC Porto teve excesso de ambição"

Manuel Serrão. "FC Porto teve excesso de ambição"

Conhecido adepto portista não responsabiliza Sérgio Conceição pela estratégia utilizada contra o Liverpool. Mas espera que a equipa reaja e vença o Rio Ave, no domingo.

A goleada histórica sofrida no Dragão pelo FC Porto, com o Liverpool, deveu-se a um "excesso de ambição", tudo porque Sérgio Conceição não quis "mexer no ADN" da equipa. Mesmo sem Aboubakar, Danilo e Felipe, o treinador dos portistas "não teve nenhum erro de avaliação" quanto ao opositor.

Em declarações a Bola Branca, o conhecido comentador portista Manuel Serrão defende que ontem foi uma noite em que imperou a Lei de Murphy, o mesmo é dizer, que tudo o que havia para correr mal, correu.

Por isso mesmo, não culpa José Sá no lance do primeiro golo, "teve uma falha, mas se não fosse esse entravam outros", diz o comentador. Já "Brahimi não fez uma grande noite, mas não era ele sozinho que ia ganhar ao Liverpool", resquícios de uma jornada europeia de má memória , mas que levou os adeptos a "serem justo com a equipa" após o terminus da partida. O apelo que surgiu da bancada "é para cumprir", exigência máxima para a conquista do "campeonato e da Taça de Portugal".

Manuel Serrão avisa que o "jogo de ontem é para apagar" e espera que domingo, no Dragão para o campeonato, os azuis e brancos retomem o caminho das vitórias.

"Se o Rio Ave vier jogar de igual para igual como nós viemos contra o Liverpool, espero um resultado semelhante", diz o adepto portista.

Serrão quer "uma vitória", embora sublinhe que será "difícil", no desafio com os vilacondenses.

1
1