eco.pteco.pt - 15 fev 14:56

Navigator substitui Semapa na lista das preferidas do BPI

Navigator substitui Semapa na lista das preferidas do BPI

Substituição na lista de preferidas do CaixaBank BPI: sai a Semapa e entra a Navigator para aproveitar aumento dos preços do papel e dividendo atrativo. Sonae é a outra cotada portuguesa na lista.

Dividendo atrativo, novos projetos e bom momento nos preços do papel foram motivos suficientes para o CaixaBank BPI colocar a Navigator NVG 1,64% na sua lista de ações preferidas na Península Ibérica, em substituição da Semapa. Mas há outra novidade na core list do banco: a retalhista espanhola Inditex (dona da Zara).

“O EBITDA da Semapa e da Navigator deverá continuar a ser alimentado pelo aumento dos preços do papel na Europa, mas o desempenho acima dos pares da Semapa desde o pico em janeiro de 2018 (…) leva-nos a preferir a Navigator no bom momento do papel UWF [papel fino não revestido]”, explica o CaixaBank BPI.

São três argumentos que deixam a Navigator em boa posição, segundo o banco:

  1. A Navigator beneficia de uma melhoria do momento dos preços do papel UWF na Europa, com uma nova onde de subida de preços a ter lugar em 2018.
  2. Novos projetos expansão nas fábricas da Figueira da Foz e da Cacia, juntamente com os preços UWF favoráveis, deverão mais do que compensar a evolução desfavorável do dólar e desencadear um crescimento do EBITDA de dois dígitos em 2018-2019.
  3. Atrativa história de dividendo, que poderá sair reforçada com a venda do negócio dos pellets nos EUA.

Para o título, os analistas dão-lhe um preço-alvo de cinco euros, apresentando um potencial de valorização de 18% face à atual cotação. O ano de 2017 terminou com lucros de 207,8 milhões de euros para a papeleira, num desempenho que superou as estimativas do mercado.

A Semapa sai da lista, mas pela porta grande, salienta o CaixaBank BPI. “A Semapa foi incluída na core list a 27 de novembro de 2017 e teve uma valorização de 14%. No mesmo período, a core list apreciou 6%”, frisa a equipa de research do banco.

Além da Navigator, manteve-se a Sonae entre as preferidas. Tem um preço-alvo de 1,50 euros. “A Sonae é a nossa carta no cenário macro de Portugal. Com mais de 90% das vendas no país, a empresa deverá beneficiar das atividades de consumo, imobiliário e turismo”, argumenta o CaixaBank BPI.

Em relação à outra novidade, a Inditex, a retalhista de vestuário entra na lista para aproveitar a continuação do bom momento nas vendas, que deverão crescer a dois dígitos nos próximos anos.

Navigator é o papel preferido dos espanhóis

Nota: A informação apresentada tem por base a nota emitida pelo banco de investimento, não constituindo uma qualquer recomendação por parte do ECO. Para efeitos de decisão de investimento, o leitor deve procurar junto do banco de investimento a nota na íntegra e consultar o seu intermediário financeiro.

1
1