www.publico.ptpublico.pt - 15 fev 14:14

Aviação. L3 CTS investe oito milhões para formar pilotos em Ponte de Sor

Aviação. L3 CTS investe oito milhões para formar pilotos em Ponte de Sor

Após ter comprado escola de pilotos da G Air, instalada no Aeródromo Municipal de Ponte de Sor, a L3 Commercial Training Solutions vai duplicar formação para aviação comercial. E criar mais 150 postos de trabalho

A L3 Commercial Training Solutions (L3 CTS) vai investir este ano mais de oito milhões de euros numa academia de formação de pilotos comerciais em Ponte de Sor (Portalegre), disse hoje à agência Lusa fonte da empresa.

O investimento, segundo o director das academias da L3 CTS na Europa, Mário Spínola, surge na sequência da aquisição em Outubro da escola de pilotos da G Air, instalada no Aeródromo Municipal de Ponte de Sor.

"A escola [G AIR] formava por ano cerca de 150 alunos mas, connosco, neste primeiro ano, esperamos duplicar o número de alunos, passando depois a intenção por chegar nos próximos dois anos aos 500 alunos por ano", disse.

A antiga escola da G AIR contava com mais de 250 trabalhadores, situação que vai ser alterada com a introdução deste novo projecto de formação, estando prevista a criação de mais 150 postos de trabalho no espaço de um ano e meio.

A L3 CTS pertencente à empresa americana L3 Technologies e além de contar com a L3 European Airline Academy em Portugal (Ponte de Sor) possui também academias em Inglaterra, Estados Unidos da América, Nova Zelândia e Tailândia, sendo esta última academia mais vocacionada para o treino através de simuladores.

"Escolhemos agora Ponte de Sor porque tem potencial de crescimento e pelas qualidades que a escola já existente possui", disse.

Mário Spínola explicou ainda que desde Outubro [após a aquisição à G AIR] estão a desenvolver a sua actividade naquele espaço, tendo já acolhido novos formandos nesta fase.

O director das academias da L3 CTS na Europa escusou-se a revelar os valores de aquisição da escola à G AIR, mas adiantou que estão a ser investidos "mais de oito milhões de euros" neste projecto para "atingir" os objectivos que traçaram.

"Para conseguirmos atingir os nossos objectivos, e se olharmos a dois anos, vamos ter que ter recursos, e os recursos passam pela aquisição de mais aeronaves, para haver mais treino e formação, vamos ter que recrutar mais instrutores de voo e de teoria, vamos ter que recrutar mais pessoas para as instalações, preferencialmente da comunidade local", sublinhou.

Mário Spínola recordou que Ponte de Sor possui um campus universitário [vocacionado para a aeronáutica] com mais de 200 camas, estando a L3 CTS a iniciar uma nova fase de ampliação desse espaço.

"Nós vamos agora avançar para uma nova fase de construção, que é o terceiro piso desse campus, com mais 106 camas", disse.

Contactado pela Lusa, o presidente do município de Ponte de Sor, Hugo Hilário, congratulou-se com este investimento que está a ser desenvolvido, considerando que o mesmo vai "consolidar" o projecto que foi traçado para o aeródromo daquele concelho alentejano.

"Para nós é importantíssimo pelos postos de trabalho que cria e, principalmente, para a consolidação dos investimentos que temos feito até aqui no aeródromo", sublinhou.

1
1