observador.ptobservador.pt - 15 fev 12:03

Atriz porno que terá tido caso com Trump está “livre para falar”

Atriz porno que terá tido caso com Trump está “livre para falar”

Depois de o advogado do Presidente dos EUA ter dito que comprou o silêncio da atriz de cinema pornográfico, Stormy Daniels diz que está livre para contar a sua história.

Stormy Daniels, a atriz de cinema pornográfico que alega ter tido um caso com Donald Trump em 2006, diz que está livre para falar sobre o que se passou. O anúncio foi feito pela agente da atriz, Gina Rodriguez, e acontece depois de o advogado do Presidente dos Estados Unidos ter violado uma das cláusulas do acordo que tinha sido feito.

A atriz, cujo verdadeiro nome é Stephanie Clifford, terá recebido dinheiro, em 2016, para ficar calada sobre o envolvimento com o então republicano que corria à presidência dos EUA. O advogado do agora presidente norte-americano confirmou, na quarta-feira, que ele próprio fez um pagamento de 130 mil dólares (105 mil euros) à atriz. Foi depois das suas declarações que Rodriguez disse à Associated Press que “agora que tudo se sabe, ela [Stormy Daniels] está livre para contar a sua história”. 

Daniels acredita que a violação do acordo, por parte de Cohen, é a luz verde para falar publicamente sobre o alegado caso com o Presidente, que terá ocorrido depois de Melania Trump ter dado à luz o único filho do casal.

Foi precisamente no mês anterior à eleição presidencial — 8 de novembro de 2016 –, e durante a campanha presidencial de Trump, que Cohen terá comprado o silêncio da atriz. A origem do dinheiro utilizado está a causar polémica, mas a Cohen já assegurou que “Nem a Trump Organization nem a campanha de Trump fez parte da transação para a sra. Clifford, e nenhum me reembolsou o valor do pagamento, direta ou indiretamente”.

1
1