pplware.sapo.ptpplware.sapo.pt - 8 dez 11:00

A Google já funciona com 100% de energias renováveis

A Google já funciona com 100% de energias renováveis

Agora, perto do final do ano, a Google veio anunciar que conseguiu cumprir as metas definidas em 2016 e que já funciona com 100% de energias renováveis.

Os planos da Google para o ano de 2017 eram claros. A gigante das pesquisas queria eliminar de forma completa a dependência das energias geradas através de combustíveis fósseis e outros, tornando-se apenas consumidora de energias renováveis.

Pois agora, perto do final do ano, a Google veio anunciar que conseguiu cumprir as suas metas e que já funciona com 100% de energias renováveis.

Para alojar e gerir todos os serviços que disponibiliza, a Google tem centros de dados espalhados pelo planeta. Os consumos energéticos destes são elevados, mas a empresa desde cedo optou por investir na utilização de energias renováveis e que são por isso poucos agressivas para o ambiente.

Os planos traçados no final de 2017 mostravam a intenção da empresa em passar os seus consumos de energia para assentarem apenas em energias renováveis. Era uma ideia ambiciosa, mas que agora se veio a provar acertada, com a Google a anunciar que conseguiu cumprir e que é hoje uma empresa que já funciona com 100% de energias renováveis.

New clean energy purchases bring our total wind and solar capacity to over 3 gigawatts—enough renewables to match 100% of the energy it takes to run our products in 2017. pic.twitter.com/8ykaWO9LU0

— Google (@Google) November 30, 2017

Para dar o empurrão final, e fazer dela uma empresa 100% verde, a Google celebrou contratos de compra de energia com 3 centrais de produção éolica, com um valor de 535 megawatts.

Com este valor a Google passa a usar 100% de energias renováveis, tanto nos seus centros de dados como nos seus escritórios, tendo consumos de 2,6 gigawatts, todos provenientes de energia solar ou do vento.

As metas energéticas da Google definidas em 2016

Google quer usar 100% de energias renováveis já em 2017

Os planos da Google para 2017

Sendo uma das maiores empresas mundiais, a Google é também uma da maiores consumidoras de energias renováreis. Este seu papel tem levado outras a seguirem o seu caminho e a optarem por este tipo de energias, mais limpas e mais amigas do ambiente.

Esta posição agora assumida vem reforçar o destaque que a Google tem no campo dos consumos de energia renováveis. Comparada com a concorrência, consegue ter consumos do dobro das restantes. Há ainda que contar com os 3,5 mil milhões de dólares que investiu em projetos associados a esta geração de energia limpa.

O curioso é que a utilização de energias renováveis pela Google não tem um impacto positivo apenas para o ambiente. Com a sua disseminação, esta é também uma alternativa cada vez mais atrativa em termos económicos.

Os preços têm caído muito nos últimos anos e estão hoje 60% e 80% mais baratos, nas energias geradas por vento e solar, respetivamente.

1
1