24.sapo.ptFilipe Fernandes - 7 dez 15:21

Caminha: O princípio de Portugal

Caminha: O princípio de Portugal

Caminha é o princípio do país, o concelho da costa mais a norte. Admito que para quem é de Vila Real de Santo António possa parecer o fim, mas o mesmo sucede ao contrário.

Esta é a terra de Sidónio Pais, quarto presidente da República, que nasceu no coração do centro histórico de Caminha, na famosa Rua Direita, onde tem fama o Réveillon, o Carnaval e a diversão nas noites quentes de verão. Terra do arquiteto Ventura Terra, que projetou o Banco de Portugal e renovou o palácio de São Bento, a Assembleia da República, e muitos edifícios reconhecidos.

A minha terra tem praias famosas. Quem não conhece Vila Praia de Âncora ou Moledo? O extenso areal, a famosa nortada, que nos põe como croquetes de areia, e a água iodada bem gelada.

Caminha créditos: Filipe Fernandes

A minha terra é de belas paisagens, de montes e vales, do rio Âncora, do rio Minho e da Serra d’Arga! Quem ainda não foi à romaria e bebeu o forte “chiripiti”? Poção mágica da qual se sabe o segredo. Aqui sabemos que é bagaço com mel!

Esta terra é de paisagens de ar puro, terra que conserva os costumes do passado, que mata o porco, faz a broa de milho, faz enchidos e produz mel.

A minha terra é de gente dos bês. É terra do chuço para a chuva, da carcela das calças, das borronas para colorir, do trompeteiro que nos pica, do basqueiro, do prezigo, da lapada, do home!

É o princípio do país, é a fronteira da Galiza, o local das férias, de visita dos espanhóis, dos bracarenses, dos portuenses e dos outros. É o sossego para quem dorme, o paraíso de quem mora. O centro do triângulo urbano, de Vigo, Braga e Porto. Vizinhos de Viana do Castelo, de Ponte de Lima e de Vila Nova de Cerveira.

Terra do cabrito estufado e do sarapatel. Terra de pescadores, da caldeirada de peixe, do arroz de lampreia e da solha seca de Lanhelas. Terra de doçaria, do famoso “caminhense”, das “mocas”, dos “sidónios” e das “petingas doces”.

É terra de desporto, da Fernanda Verde, recente vencedora da taça de Portugal de trail, da Ângela Chevarria, campeã nacional de stand up paddle e bronze no campeonato da Europa. Terra bastião do remo, com clube quase centenário, do “Trail da Serra d’Arga”, do Triatlo e da Maratona de Caminha. Terra do Rally de Portugal!

É ainda terra de música, do nosso Festival de Vilar de Mouros! Nem é preciso dizer mais nada.

É esta a minha terra.

A Minha Terra é uma rubrica do SAPO 24 onde os leitores são desafiados a escrever sobre o sítio onde vivem, as suas particularidades, desafios e mais-valias. Está interessado/a em participar? Envie o seu texto para [email protected]

1
1