pplware.sapo.ptpplware.sapo.pt - 7 dez 17:29

A fortuna das empresas de tecnologia e a indústria automóvel

A fortuna das empresas de tecnologia e a indústria automóvel

Empresas do ramo tecnológico tem dinheiro suficiente para comprar grande parte da indústria automóvel.

Atualmente, vivemos no auge da revolução tecnológica. Cada vez mais a nossa vida depende dos produtos que as empresas de tecnologia nos fornecem.

Não restam dúvidas que a indústria tecnológica é, neste momento, um dos grandes motores que faz mover o Mundo. Por exemplo, a Apple é hoje a empresa mais valiosa do mundo e se tudo correr como previsto, sem tardar muito, irá passar a valer mil biliões de dólares. Cada vez mais vivemos ao sabor das últimas tendências tecnológicas e, à custa disso, também outras áreas irão sentir o grande impacto da tecnologia.

A influ��ncia da tecnologia

Não é um dos objetivos deste artigo, discutir as transformações que temos vindo a presenciar no mercado de trabalho graças ao desenvolvimento de máquinas inteligentes que já conseguem substituir o Homem em certas tarefas. No entanto, é impossível ignorar a eficiência e a segurança com que as tarefas são levadas a cabo por software e hardware que tem vindo a ser desenvolvido nos últimos tempos.

Assim, segurança, eficiência e conforto são algo que todos procuramos no nosso quotidiano. Por que haveremos de limpar o chão com vassouras se já temos robôs suficientemente capazes de levar a cabo essa tarefa doméstica? Por que haveremos nos encontrar com alguém fisicamente se podemos simplesmente fazer uma videochamada? Por que haveremos de conduzir um carro se podemos simplesmente ativar o piloto automático.

A indústria automóvel tem sido uma das áreas onde mais se tem sentido o impacto da tecnologia. Basta olhar para um dos mais recentes carros da marca Tesla, por exemplo, para verificar e perceber o sentido em que os carros irão evoluir. Para além disso, empresas como a Google e Apple estão a desenvolver carros autónomos que serão capazes de se conduzir sozinhos.

A tecnologia na indústria automóvel…

Elon Musk prevê que o carro autónomo será, no futuro, algo completamente normal.

Tal como um elevador. Antigamente, os operadores de elevador eram necessários. Mas fomos capazes de desenvolver circuitos que permitissem ao elevador ir até ao piso onde nos encontramos apenas premindo um botão. Agora não é necessário ninguém a operar um elevador. O carro autónomo será assim.

Elon Musk

Os carros autónomos irão tornar-se uma realidade graças à colaboração entre várias tecnologias avançadas. Com a ajuda de precisos sensores de GPS e excelentes câmaras, o carro autónomo será capaz de lidar com todo o tipo de situações. Deste modo, chegar a uma altura em que o condutor (Ser Humano) irá ser substituído por poderosos algoritmos.

Tecnologia de ponta que não necessita de intervenção humana para conduzir um carro encontra-se em fase experimental um pouco por todo o Mundo. No entanto, várias barreiras e regulamentos estão a impedir o seu crescimento porque, tal como qualquer coisa que se conecta à Internet está sujeito a ameaças vindas sabe-se lá de onde.

Ainda assim, não devem restar dúvidas que a ação da tecnologia no Mundo automóvel não vai abrandar; apenas aumentar. Possivelmente, chegaremos a um ponto em que empresas do ramo tecnológico passarão a ser os principais fornecedores dos fabricantes de automóveis.

Software está a comer o Mundo.

Marc Andreessen

O domínio da indústria tecnológica

Não levará muito tempo para que empresas do ramo tecnológico sejam tão fortes no desenvolvimento de automóveis na sua totalidade como empresas que têm vindo a dominar a indústria automóvel nos últimos anos. Como os carros a tornarem-se elétricos e com o aparecimento de software bem desenvolvido que permita total autonomia dos carros, qualquer empresa com os recursos necessários será capaz de desenvolver um automóvel.

Será que isso significa o fim da indústria automóvel?

Muito provavelmente não, mas aquilo que poderemos ver será uma intersecção entre as duas. Mas, sem dúvida, a indústria automóvel como a conhecemos poderá desaparecer. Surgirão, assim, várias empresas do ramo tecnológico capazes de se bater frente a frente com as empresas que atualmente dominam o mercado.

Comprar grande parte da indústria automóvel

Empresas do ramo tecnológico que estejam à procura do próximo mercado para atacar têm na indústria automóvel uma presa fácil. Basta começarem por adquirir o “cérebro” do carro, pois é aí que está o lucro.

Mas, de acordo com uma análise detalhada das finanças públicas levada a cabo pela Sherpa Technology Group, as empresas do ramo tecnológico poderiam apenas unir-se para comprar grande parte da indústria automóvel de uma vez só. Dezasseis empresas do ramo automóvel do mundo possuem um valor comercial de 978 mil milhões de dólares. E este valor está ao alcance dos 1,1 biliões de dólares (valor em dinheiro) que as 16 maiores empresas de tecnologia do mundo guardam nos seus seus cofres.

É muito pouco provável que empresas como a Apple, Google, Facebook, etc. invistam quase todo o seu dinheiro a comprar empresas do ramo automóvel, mas esta situação serve para mostrar que, certamente, as empresas tecnológicas de Sillicon Valley poderão vir a dominar a indústria automóvel não apenas fornecendo tecnologia para os fabricantes.

Conclusão

Nos tempos em que atualmente vivemos, é difícil prever o rumo que o mundo vai tomar porque nunca sabemos de onde ou a partir de quem o próximo grande avanço científico-tecnológico irá surgir. No entanto, podemos afirmar, com 99,999% de certeza que a tecnologia veio para ficar e as áreas que vai revolucionar podem estar ainda por descobrir.

1
1