www.publico.ptpublico.pt - 7 dez 15:57

Bitcoin. Ciberataque rouba 54 milhões de euros em bitcoins

Bitcoin. Ciberataque rouba 54 milhões de euros em bitcoins

Foram roubadas cerca de 4700 bitcoins a uma empresa com sede na Eslovénia.

Cerca de 54 milhões de euros em bitcoins (4700 "moedas") foram roubados num ciberataque à NiceHash, uma empresa com sede na Eslovénia que permite que vários utilizadores se juntem para validar transacções e ganhar bitcoins (uma actividade conhecida como "mining"). 

“Evidentemente, isto é um assunto de grande preocupação”, escreve o director de marketing da empresa Andrej Skraba, num comunicado publicado esta manhã nas redes sociais da empresa. O director diz que equipa está a tratar o roubo “como um assunto de urgência” e já alertou as autoridades.

Desde 2014 que a NiceHash junta pessoas interessadas em emprestar a capacidade de processamento e energia dos seus computadores aos chamados “mineiros” de bitcoins. Uma das formas de conseguir mais bitcoins é validar um bloco de transacções para o acrescentar à blockchain (a base de dados distribuída em que assenta a bitcoin). O computador que primeiro validar um bloco de transacções é recompensado com novas bitcoins, num processo que hoje requer grande capacidade de computação.

“Apesar de se desconhecer a dimensão total do que aconteceu [com o ciberaque à NiceHash], recomendamos, como precaução, que troquem as vossas palavras-passe”, recomenda Andrej Skraba. As operações da empresa estão interrompidas enquanto o problema é investigado. “Pedimos paciência e compreensão enquanto investigamos as causas e procuramos soluções apropriadas para o futuro do serviço.”

A notícia surge dias antes do lançamento do sistema de contratos de futuros de bitcoins nos EUA. Este tipo de contratos permitem que investidores se comprometam a comprar e vender determinada quantidade de um activo numa data futura. Vários bancos de Wall Street têm levantado objecções sobre a introdução de contratos de futuro de bitcoins na bolsa. Há receios que o sistema financeiro não consiga funcionar devido à grande volatilidade da bitcoin.

O roubo da NiceHash faz emergir novamente o problema de segurança nas bitcoins e traz à memória dos utilizadores o caso do MtGox, uma bolsa de bitcoins japonesa, da qual foram roubadas 850 mil bitcoins, levando a empresa a um processo de liquidação e deixando muitos utilizadores sem o dinheiro que tinham gasto a comprar a divisa. Em 2016, a Bifinex, uma empresa com sede em Hong Kong, também reportou o roubo de dezenas de milhões de euros em bitcoins levando a uma desvalorização da divisa face ao dólar.

O ataque recente, porém, não afectou a confiança na divisa digital. Nesta quinta-feira, o valor de cada bitcoin tem oscilado entre os 14 mil dólares e os 15 mil dólares. No início do ano, valia menos de mil dólares.

Os media eslovenos têm alertado para uma ligação entre os donos da NiceHash e o cibercriminoso Matjaž Škorjanc, que foi preso em 2013 por lavagem de dinheiro. É conhecido por criar o “Mariposa bonet”, que em 2010 infectou cerca de 12,7 milhões de computador, e o Darknode (um fórum que funcionava na chamada darknet e levou a mais de 70 detenções). O seu pai, Martin Škorjanc, detém parte da NiceHash.

1
1