rr.sapo.ptrr.sapo.pt - 7 dez 16:03

Benfica rematou tanto como o Barcelona, correu mais que o Real Madrid e teve mais bola que o PSG

Benfica rematou tanto como o Barcelona, correu mais que o Real Madrid e teve mais bola que o PSG

A estatística pouco ajudou as águias, que são a pior equipa portuguesa e o pior cabeça-de-série de sempre. Clássico caso em que não basta ter números, há que convertê-los em golos.

O Benfica rematou tanto como o Barcelona, foi a quarta equipa que mais correu e teve mais bola que Tottenham, Juventus ou PSG. Não deixou de ser a pior equipa portuguesa de sempre da Liga dos Campeões.

Seis jogos, seis derrotas, um golo marcado e 14 sofridos. Os encarnados são um caso em que a produção estatística não é sinónimo de sucesso. Segundo o jornal "Marca", a equipa de Rui Vitória é "top-10" em vários parâmetros ofensivos, no entanto, estão, também, no "top-1" das derrotas.

Para começar, a distância percorrida por cada equipa. O vencedor dessa estatística foi o Spartak Moscovo, também eliminado, com um total de 727.577 metros, seguido do Tottenham (726.618 metros) e do Atlético Madrid (707.776). Em quarto, surge o Benfica. Curiosamente, três das quatro equipas não chegaram aos oitavos-de-final. O Tottenham venceu o Grupo H, que também tinha Real Madrid e Borussia Dortmund.

As águias lideram as equipas portuguesas neste e noutros capítulos. O Sporting, relegado para a Liga Europa, correu 670.885 metros. O FC Porto, única equipa lusa nos "oitavos", foi a quinta equipa que menos correu: 622.323 metros. A equipa que menos correu foi o Barcelona, seguido do Manchester City e da Juventus. Três que passaram à fase seguinte.

Líderes nas tentativas de golo e na posse

No que toca aos remates, o Benfica surge na 10.ª posição, juntamente com o Barcelona, com 90 disparos, embora apenas 18 tenham ido na direcção da baliza. O Barcelona rematou 32 vezes à baliza.

As equipas que mais remataram são Real Madrid (123), Liverpool (120) e Bayern (110). A segunda equipa que mais rematou foi o Porto, que surge na 17.ª posição, com 80 disparos, 29 deles à baliza. O Sporting, que está em 26.º lugar, rematou por 60 vezes, com 19 a acertarem no alvo.

Quanto à posse de bola, o Benfica volta a liderar as equipas portuguesas. Os encarnados tiveram uma média de 55% de posse, figurando na nona posição do "ranking" liderado pelo Barcelona (63%), com Manchester City e Sevilha, ambos com 60%, "à perna". O Real está em quarto, com 59%.

O Porto teve uma média de 48% de posse de bola, número que partilha com o Tottenham, na 18.ª posição. O Sporting está apenas na 26.ª posição, natural dado os rivais (Barça e Juve), com média de 44%.

Estas estatísticas provam, apenas, que números são números e passam a ser vitórias apenas e só quando convertidos em resultados. É preciso transformar a "parra" em "uva". Coisa que o Benfica foi incapaz de fazer, daí ter sido o pior cabeça-de-série de sempre da Champions.

1
1