www.publico.ptpublico.pt - 15 nov 07:41

Música. Pedro Jóia Trio com Mariza encerra Misty Fest no CCB

Música. Pedro Jóia Trio com Mariza encerra Misty Fest no CCB

O trio de Pedro Jóia volta ao seu disco de estreia, em palco, agora com Mariza por convidada e no âmbito do Misty Fest. Esta quarta-feira em Lisboa, no CCB, às 21h.

É o último concerto do Misty Fest 2017: esta quarta-feira, às 21h, o Pedro Jóia Trio com Mariza por convidada apresenta no Grande Auditório do CCB, em Lisboa, um repertório baseado no seu disco de estreia acrescido de alguns temas menos esperados.

Formado em 2014, com Pedro Jóia (guitarra), João Frade (acordeão) e Norton Daiello (baixo), o trio estreou-se nesse ano na Festa do Avante! e no Jardim de Inverno do Teatro de São Luiz, apresentando-se já este ano nos Claustros do Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, com um convidado muito especial: Ney Matogrosso. Isso foi a 26 de Junho e foi apenas o começo de um programa mais vasto, como diz Pedro Jóia ao PÚBLICO: “O concerto nos Jerónimos foi o início de um ciclo de concertos que eu gostava de fazer com o trio e alguns convidados. A Mariza é o segundo nome desse ciclo.”

O disco de estreia do grupo, Vendaval, servirá de base a parte do concerto. “Vai ser um pouco como fizemos como o Ney: dois terços com o trio e o último terço com a Mariza, que não vai cantar o repertório dela. No máximo, cantará um tema desse repertório e depois cantará uns cinco ou seis temas completamente fora do fado e do que ele costuma cantar. Elis Regina, por exemplo, e outras coisas que foram referência dela na fase pré-fadista.”

Novos sons no horizonte

Com Vendaval em rodagem pelos palcos, o trio continua a compor. “Temos composto coisas novas, não ainda a pensar num disco mas num novo repertório para, quando estiver muito maduro, voltarmos a gravar um novo disco. São originais, mas também algumas coisas que têm directamente a ver com o folclore ribatejano. Mas numa adaptação muito livre. Vamos pegar numa frase musical, num motivo, e depois vamos ‘estraçalhar’ aquilo tudo, à nossa maneira.”

Isto no trio. Porque Pedro Jóia também trabalhos em projectos a solo: “Tenho feito muitas canções, em parceria com vários letristas. Mas antes mesmo do próximo disco do trio sair, estou a pensar em gravar um disco de guitarra, estou com saudades de gravar um disco a solo. E nesse sentido estou um bocadinho à procura, não só de originais meus. Queria voltar à guitarra de Lisboa, não ao Armandinho [ao qual já dedicou um disco] mas a outros guitarristas, como o Domingos Camarinha. Há muita coisa boa de Lisboa para se gravar e eu estou cheio de vontade de fazer isso, outra vez.”

No Misty Fest deste ano, que fecha com o Pedro Jóia Trio + Mariza, actuaram desde 2 de Novembro André Barros & Mirra Rós, Benjamin Francis Lefwitch + Sivu, Céu, Gaiteiros de Lisboa, James Rhodes, Miguel Poveda, Nathalie, Rui Massena Band e Teté Alhinho.

1
1