www.dn.ptPaulo Baldaia - 13 out 01:00

Opinião Da Direção - Tem de haver demissão?

Opinião Da Direção - Tem de haver demissão?

A imagem do primeiro-ministro com a ministra da Administração Interna do lado direito e o ministro da Agricultura do lado esquerdo e António Costa a garantir que assumirá "responsabilidades políticas, se for caso disso", indicia que o governo já decidiu que não é o caso no que diz respeito a uma eventual demissão da ministra Constança Urbano de Sousa.

Para a semana, o Conselho de Ministros reúne-se para refletir sobre o que diz o relatório da comissão independente e, no final, ouviremos falar das medidas que serão tomadas para evitar que o país volte a arder como ardeu neste ano. Na verdade, fazer o que tem de ser feito é assumir responsabilidades políticas. Ouvimos vários membros do governo dizer isso mesmo, quando a oposição pedia a cabeça da ministra ou os jornalistas, como fizeram ontem, faziam perguntas retóricas sobre essas responsabilidades, esperando ouvir alguma coisa que se aproximasse da demissão.

Na entrevista ao DN e �� TSF, feita na semana seguinte ao incêndio de Pedrógão Grande, a ministra garantiu que tiraria "as devidas ilações" se a comissão atribuísse responsabilidades à tutela. Também ao DN, o Presidente da República foi assertivo, ao lembrar que "se há responsabilidades, tem de haver responsáveis". Mas a comissão independente diz preto no branco que há responsabilidades da ministra? Não, não diz. E isso é, para muita gente, razão suficiente para desresponsabilizar Constança Urbano de Sousa.

O relatório o que diz é que falhou quase tudo, até a ajuda dos deuses que provocaram ali condições climáticas únicas. E diz que um senhor da Proteção Civil mandou suspender a fita do tempo. Esse terá os dias contados. E o relatório também diz que face às previsões meteorológicas não foram colocados no terreno os meios possíveis e necessários. Exatamente o contrário do que disse a ministra na tal entrevista que deu ao DN e à TSF e, depois, foi repetido à exaustão. Assumir responsabilidades políticas implica demitir a ministra? Só se António Costa quiser.

1
1