sol.sapo.ptsol.sapo.pt - 13 out 13:21

Alentejo. Seca provoca quebra na produção de azeite

Alentejo. Seca provoca quebra na produção de azeite

A seca extrema tem afetado a produção da azeitona

Os olivicultores da região do Alentejo esperam que este ano haja uma quebra na produção de azeitona, devido à seca. Apesar de os olivais estarem carregados com azeitonas, a seca antecipou a maturação do fruto.

Segundo afirmou Luís Crisóstomo, gerente da Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos (CAMB) à Lusa, “a azeitona ainda está em processo evolutivo, mas no que toca ao estado geral do fruto, que é o que se vai repercutir na quantidade, a situação não está famosa, não vislumbramos grande produção no olival de sequeiro”.

O gerente referiu que a seca extrema está a afetar a produção da azeitona. "As oliveiras estão carregadíssimas, têm muita azeitona e os ramos até dobram, parecem choupos, de tão carregadas que estão. Mas, numa situação de seca, o que vai acontecer é que a azeitona vai cair para o chão, mesmo sem atingir o estado de maturação, e acaba por ser azeitona perdida", explica. O que consequentemente levará a uma quebra na quantidade azeite.

Caso chova nas próximas semanas ainda há a possibilidade de salvar o olival, mas é mais que certo que a produção e qualidade de azeitona sejam afetadas.

1
1