expresso.sapo.ptexpresso.sapo.pt - 13 out 19:43

Fundo Florestal transfere até €15 milhões para recuperar áreas ardidas

Fundo Florestal transfere até €15 milhões para recuperar áreas ardidas

Governo aumenta em €10 milhões o montante máximo de verbas do Fundo Florestal Permanente a transferir para o Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, com o intuito de financiar ações no domínio da floresta e recuperação da área ardida

Naquele que foi o pior ano de incêndios da última década, marcado pela tragédia em Pedrógrão Grande que deixou 64 mortos e mais de 200 feridos, o Governo decidiu reforçar em €10 milhões o montante máximo estipulado para a transferência de verbas do Fundo Florestal Permanente (FFP) para o orçamento do Instituto da Conservação da Natureza e Florestas (ICNF). A medida está prevista na última versão preliminar do OE 2018, a que o Expresso teve acesso.

O Fundo Florestal, destinado a apoiar a gestão florestal sustentável, pode assim transferir até €15 milhões para financiar ações de defesa da floresta e da recuperação das áreas ardidas. No OE 2017 esse valor era de €5 milhões.

Segundo um relatório da comissão técnica independente designada para analisar os incêndios de junho na região Centro do país, esta sexta-feira divulgado, Portugal gastou mais de €6.500 milhões em incêndios nos últimos 16 anos, dos quais apenas €410 milhões se destinaram à prevenção.

Também em julho, o secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural, Miguel Freitas, sublinhara, sem adiantar valores, a necessidade de se reforçar o Fundo Florestal Permanente através do Orçamento do Estado, em 2018 e em 2019, para apostar na prevenção.

1
1