www.cmjornal.ptLeonardo Ralha - 13 out 01:30

Nas pisadas de Luís XVI

Nas pisadas de Luís XVI

José Sócrates foi acusado de 31 crimes. Tal não quer dizer que seja condenado, mas quem ignora esse facto seria capaz de ignorar qualquer Tomada da Bastilha.
Contam-nos os historiadores que o rei Luís XVI anotou no diário a palavra 'rien', ou 'nada', a 14 de julho de 1789. O dia em que o povo de Paris tomou a Bastilha, em busca de pólvora e de presos, num ataque que valeu pelo simbolismo. Estava em marcha, sem que o monarca reparasse, a Revolução Francesa que o levaria à guilhotina.

A 11 de outubro de 2017 houve quem escrevesse nada sobre o facto de um ex-primeiro-ministro ser acusado de 31 crimes, incluindo três crimes de corrupção passiva de titular de cargo político, que o Ministério Público acredita terem sido cometidos enquanto liderava Portugal. Como se tivessem voltado os dias em que suas majestades e altezas passavam sem novidades em suas importantes saúdes.

Também houve quem optasse por realçar que as quatro mil páginas do processo denotam falta de poder de síntese, ou quem esquecesse por longas horas as palavras-chave das contas em redes sociais de onde raramente se ausenta, preferindo depois escrever sobre Trump ou Rui Rio.

1
1