www.computerworld.com.ptcomputerworld.com.pt - 13 out 19:02

Faarm singra no Microsoft Innovation Challenge

Faarm singra no Microsoft Innovation Challenge

O vencedor recebe 120 mil euros de créditos em serviços de cloud e a possibilidade de desenvolver uma prova de conceito com a empresa correspondente ao desafio: Sumol+Compal.

A Faarm foi a startup vencedora do Microsoft Innovation Challenge, com uma solução criada para a Sumol+Compal. Conquistou, entre outros prémios, um lugar de destaque na área da Microsoft na Websummit, que se realiza em Lisboa, nos próximos dias 6 a 9 de Novembro.

O vencedor recebe ainda até 120 mil euros de créditos em serviços Cloud Microsoft Azure e a possibilidade de desenvolver uma prova de conceito com a empresa correspondente ao desafio do vencedor.

O projecto distinguido com o primeiro prémio baseia-se no trabalho desenvolvido pela startup criada em Março de 2016, mas propõe uma forma de interacção com os consumidores finais: através de um dispositivo (“tracker) interactivo integrado nos rótulos dos produtos da Sumol+Compal, os consumidores podem interagir directamente com os diferentes canais de comunicação da empresa, obtendo informação útil como dados nutricionais ou advertências ao consumo.

Por outro lado, fornece à Sumol+Compal informação anonimizada que a empresa pode usar para produzir que vão ao encontro dos gostos e necessidades dos consumidores. Durante a “hackfest” utilizou tecnologia da Microsoft e da Faarm para criar um “bot” capaz de usar serviços de analítica para fazer leituras de etiquetas, criando um novo meio de interacção para clientes finais.

“Acreditamos que temos um produto que é altamente disruptivo e escalável. Desenvolvemos esta solução numa semana e é apenas uma prova de conceito para algo que pode representar um sucesso na indústria pois permite a interação dos consumidores finais com qualquer tipo de produto e dá-lhes essa escolha”, observa Miguel Lupi, fundador da Faarm.

O júri independente responsável pela escolha do grande vencedor integrou elementos de organizações de aceleração de negócio de startups e de capital de risco ‒ Armilar Partner Ventures, Faber Ventures, Beta-i, Edp Starter e Bright Pixel ‒ que avaliaram as propostas com base em critérios como o produto, o mercado, o modelo de negócio e a qualidade do pitch final.

O Innovation Challenge pretendia resolver alguns desafios o tecido empresarial nacional, lançados por empresas estabelecidas em cinco sectores: retalho de luxo, media, saúde, turismo e retalho. A NextReality (Farfetch), Oko (Impresa), Mineshaft (José de Mello Saúde) e Hellpier (Pestana Hotel Group), foram as restantes startups que participaram no concurso.

 Por Comunicado de imprensa Tags
1
1