sol.sapo.ptsol.sapo.pt - 13 out 15:38

O McDonald’s está a beneficiar (muito) com o consumo legal de canábis. Sabe porquê?

O McDonald’s está a beneficiar (muito) com o consumo legal de canábis. Sabe porquê?

Estudo explica

Nos Estados Unidos, várias cadeias de restauração de ‘fast food’ estão a beneficiar, indiretamente, com a venda legal e consumo de canábis – uma droga que já é permitida em vários estados dos EUA, conta a BBC.

De acordo com um estudo do Green Market Report e da consultora Consumer Research About Cannabis, cerca de 43% dos entrevistados que admitiram fumar canábis, escolheram o McDonald’s como primeira opção para irem comer nas últimas quatro semanas. Mas afinal, por que razão é que isto acontece?

A fome que os consumidores de canábis sentem após o consumo desta droga leve é bastante elevada, o que faz com que tenham tendência a procurarem cadeias de ‘fast food’ para irem ‘matar o bicho’.

O estudo foi realizado a partir de uma amostra de 27 mil pessoas de 25 estados americanos diferentes. Nos EUA calcula-se que haja 4,7 milhões de consumidores legais de canábis, o equivalente a 8,5% da população americana.

Vários estudos científicos sustentam que o princípio ativo desta droga, o tetrahhidrocarbinol – THC – afeta os recetores cerebrais que estão relacionados com o olfato, o que faz assim aumentar a sensação de aroma da comida e, consequentemente, a enorme vontade de comer.

1
1