www.publico.ptpublico.pt - 13 out 14:44

AGENDA. Sete ideias para sair esta semana

AGENDA. Sete ideias para sair esta semana

Começamos a olhar para as paredes. Terminamos nos copos. E despedimo-nos do Verão a provar o pão nosso.

Um bairro posterizado

Lisboa, Marvila
Dia 14 de Outubro 

Se Marvila já é um dos bairros mais trendy da capital, este sábado vem ajudar ao título. É dia de festa, graças ao open day motivado pela inauguração da Poster, uma "mostra pública de arte e palavra que tem como ambiente nativo a rua" e como meio o formato que lhe dá nome.
É caso para ficar a olhar para as paredes, a que se colam trabalhos de criadores de diversas áreas, da designer norte-americana Jessica Walsh aos grafitters israelitas Broken Fingaz, passando pelo coreógrafo Rui Horta, o cantautor Sérgio Godinho, a artista Kruella d’Enfer, a ilustradora (e membro dos Linda Martini) Cláudia Guerreiro, a fotógrafa Matilde Travassos ou os arquitectos do Atelier Mob.
Alguns vão estar na visita guiada inaugural. Neste Poster cabem também galerias de arte e cervejeiras abertas, concertos e um leilão para ajudar a Missão Dimix. 
Horário: a partir das 14h
Grátis

PÚBLICO - Foto

Para descomplicar o vegetarianismo

São João da Madeira, Oliva Creative Factory
Dias 14 e 15 de Outubro 

Sabor, variedade, novidades. Receitas saudáveis e fast food. Há de tudo um pouco. Só não há carne, peixe ou marisco. O Veggie Fest é um novo festival gastronómico que pretende "provar que a alimentação vegetariana é acessível, fácil e deliciosa". Quer descomplicar e quebrar ideias feitas. Por isso, convida não só os adeptos como "todos os curiosos e até os cépticos".
Conta com bancas de street food, um mercado biológico, degustações, show cookings, workshops e animação infantil, além de conversas e palestras na companhia de nomes como Chakall (chef), Darchite Kantelal (especialista em nutrição desportiva) ou Nuno Alvim (presidente da Associação Vegetariana Portuguesa).
Horário: das 10h às 22h
Bilhetes a 3€ (dia) ou 5€ (dois dias)

PÚBLICO - Foto Flor da Alma DR

Uma semana de Coreia

Lisboa, Museu do Oriente
De 15 a 20 Outubro

A bailarina coreana Li-Tsin muda-se para a Europa para estar com o amante francês. Adivinha-se uma história de amor trágica. Como pano de fundo, o encontro/choque de culturas Oriente-Ocidente. Eis o enredo de Flor da Alma, o espectáculo lírico e coreográfico que na segunda-feira, dia 16, pode ser visto em Lisboa como um dos destaques da Semana da Cultura Coreana no Museu do Oriente.
Entre as muitas propostas desta quinta edição, está um convite para assistir a um desfile de moda com base no hanbok (traje típico) — ou para vestir um.
Estão também abertas oficinas de tambor nanta, bojagui (patchwork coreano), buchaechum (dança do leque), talchum (dança de máscaras), caligrafia, artes marciais e música tradicional ou nem tanto (o k-pop também entra no programa).
No final, Chul-min Park, embaixador da República da Coreia em Portugal, dá uma conferência sobre A Minha Coreia.
Grátis (mediante inscrição ou levantamento de bilhete)

PÚBLICO - Foto Pau Rodríguez e Eduard Pou DR

Ainda o Verão

Lagos e Faro, vários locais
De 17 a 28 de Outubro

O Outono vai ter de esperar. Pelo menos no Algarve, que volta a ser agitado por um Verão Azul. Na sua oitava edição, o festival estende-se a Faro para além da sua Lagos natal (realiza-se nesta entre 17 e 21 de Outubro e, na capital algarvia, de 24 a 28), com uma programação vasta e diversificada que passa por teatro, dança, música, cinema, arte e muito mais.
Começa na terça-feira, dia 17, com Single Story. Uma Conferência em Forma Teatral, de Anabela Almeida e Sara Duarte, e um workshop de improvisação musical conduzida, por Pau Rodríguez e Eduard Pou, da banda catalã Za!.
Seguem-se criações de João Pedro Rodrigues, Francisco Camacho, Vera Mantero, João Fiadeiro, trio de Alex Zhang Hungtai, David Maranha e Gabriel Ferrandini, Jonathan Uliel Saldanha e Murcof & Vanessa Wagner, entre muitos outros.
Grátis a 12€

PÚBLICO - Foto Daniel Lima

Na cidade-berço, ilustre

Guimarães, vários locais
De 14 de Outubro a 27 de Janeiro

Nasce em Guimarães um espaço dedicado à arte da ilustração nas suas diversas formas de publicação: livros, jornais, revistas, cartazes... Chama-se BIG - Bienal de Ilustração de Guimarães, tem Tiago Manuel como director artístico e surge para "dignificar o papel dos ilustradores no desenvolvimento cultural".
Ao mesmo tempo que dá visibilidade a artistas consagrados como Luís Filipe Abreu — que recebe o Prémio Carreira e é alvo de uma retrospectiva —, a BIG distingue outros talentos, dos profissionais do país aos que emergem em escolas do concelho.
Além de concursos e exposições, a bienal tece A Teia da Ilustração, ciclo de palestras aberto a todos que tem como oradores Leonor Riscado, Mattia Denisse e Paul Hardman.
Horário: das 10h às 19h
Grátis

PÚBLICO - Foto DR

A cada dia seu pão

Santarém, Casa do Campino e outros locais
De 19 a 29 de Outubro 

É o maior evento gastronómico do país e tem por hábito convocar todas as regiões. Fazem-se representar, este ano, pelo mais essencial dos alimentos. O Pão de Cada Dia é o tema da 37.ª edição do Festival Nacional de Gastronomia de Santarém.
O primeiro dia é dedicado à pombinha da região. Os seguintes, à bola de Lamego, à massa sovada dos Açores, à broa de Avintes, ao folar transmontano, aos pães alentejano, algarvio, de Mafra e do Sabugueiro, e à caralhota de Almeirim.
Conjugam-se com enchidos, doçaria e outras iguarias. Tasquinhas, provas, harmonizações e show cookings compõem a ementa central. Há ainda artesanato, música, actuações de campinos e ranchos, e actividades paralelas como visitas guiadas temáticas a locais do concelho.
Horário: das 12h à 1h (até às 16h no último dia)
Bilhetes a 2€; Grátis de 23 a 25 de Outubro, das 12h às 17h

PÚBLICO - Foto Apanha de lúpulo nas margens do Cáster DR

Das margens para o copo

Santa Maria da Feira, Mercado Municipal
De 20 a 22 de Outubro

Festivais de cerveja há muitos. De produção artesanal, também. Mas só um com lúpulo cultivado e colhido nas margens do rio Cáster. O Festival da Cerveja Artesanal com Lúpulo Feirense serve sete cervejas feitas exclusivamente para a ocasião. A estas juntam-se outras sete de cervejeiros convidados. No total, há sete mil litros a aguardar degustação.
Mas a segunda edição do certame tem mais propostas: provas comentadas, workshops, gastronomia, artesanato, motos clássicas e cafe racers em exposição, concertos, actuações de DJ e esculturas de Paulo Neves a dar arte ao local — o Mercado Municipal, obra de referência do arquitecto Fernando Távora.
Horário: sexta, das 17h às 24h; sábado, das 13h às 24h; domingo, das 13h às 19h
Grátis

1
1