observador.ptobservador.pt - 13 out 19:42

GNR deteta mais de uma centena de infrações em operação dirigida à caça

GNR deteta mais de uma centena de infrações em operação dirigida à caça

A GNR instaurou 107 autos de contraordenação por desrespeito da lei da caça, falta de registo de canídeos e infrações à lei das armas, durante ações de fiscalização a nível nacional.

A GNR instaurou 107 autos de contraordenação por desrespeito da lei da caça, falta de registo de canídeos e infrações à lei das armas, durante ações de fiscalização a nível nacional, informou esta sexta-feira esta força de segurança.

Segundo adianta um comunicado, a operação de fiscalização, efetuada através do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente da GNR, decorreu nos dias 5, 8 e 12 de outubro. No decurso das ações de fiscalização da Operação Artemis, 12 pessoas foram detidas pela prática de caça em locais não permitidos e foram apreendidas 22 espingardas de caça e um bastão extensível.

Esta operação – indica a GNR – teve como objetivo compatibilizar a atividade cinegética com a conservação da natureza e da biodiversidade, prevenindo, detetando e reprimindo situações em desconformidade com a lei, priorizando a fiscalização da documentação dos caçadores e das viaturas utilizadas por estes.

A situação do armamento e seu acondicionamento, o controlo de alcoolemia, o número limite de peças abatidas por caçador e a situação dos cães utilizados, através da leitura eletrónica dos ‘chips’ de identificação, foram outros aspetos fiscalizados pela GNR.

1
1