sol.sapo.ptsol.sapo.pt - 13 out 19:33

Estudo revela que há pessoas que nascem com o ‘gene’ das viagens

Estudo revela que há pessoas que nascem com o ‘gene’ das viagens

A ciência sugere que há pessoas que estão geneticamente predispostas para viajar, arriscando assim assumir risco muito maiores do que outras. No entanto, este 'gene' apenas existe em cerca de 20% da população.

Segundo vários estudos realizados, existe um componente genético por trás da vontade que algumas pessoas têm de viajar. Chama-se síndrome PPP – Permanent Passport in Pocket (síndrome Passaporte Permanente no Bolso).

Em 2016, vários artigos revelaram a presença de um gene da «sede de viagens» (wanderlust) – o DRD4-7R.

Um blogue de psicologia sugeriu que o 7R, que é uma variação do gene DRD4 e que atua nos níveis de dopamina no cérebro, acaba por resultar em motivação e comportamento, existe em cerca de 20% da população.

De acordo com os cientistas, a variante 7R traduz-se em «inquietação e curiosidade», e essa inquietação pode mesmo impulsionar as pessoas a assumirem riscos maiores, que incluem, por exemplo, explorar novos sítios pelo mundo fora.

1
1