Os técnicos independentes que analisaram o incêndio em Pedrógão Grande entregaram nesta quinta-feira o relatório no Parlamento. Consideram que houve falhas no momento inicial do incêndio, o que dificultou a actuação posterior e a retirada de pessoas. Diz ainda a comissão que se as populações tivessem sido sensibilizadas, "provavelmente os dramas que aconteceram, não tinham acontecido". Os técnicos consideram que depois de meio da tarde se tornou "impossível tomar conta do incêndio" e que foi nesse período de tempo que morreram as pessoas.