www.cmjornal.ptEditorial CM - 12 out 01:31

Os donos que vendiam isto tudo

Os donos que vendiam isto tudo

A exaustiva Acusação, que o CM, hoje, começa a revelar, é um forte contributo para o reforço da confiança dos cidadãos na Justiça.
A exaustiva Acusação, que o CM, hoje, começa a revelar, é um forte contributo para o reforço da confiança dos cidadãos na Justiça.

Um ex-líder do Governo e um bom punhado de costumeiros intocáveis acabam acusados de múltiplos crimes graves contra a comunidade nacional a que pertencem e que deveriam servir.

Cabe agora à defesa rebater os sólidos indícios contra os arguidos, usando os vários alçapões legais, e aos juízes julgarem.

Os jornalistas do CM continuarão a cumprir a sua missão de informar. Como fizeram durante os governos de Sócrates e sempre fazem relativamente a todos os governos.

No caso de José Sócrates, o CM manteve a investigação sobre o ex-primeiro-ministro devido aos sinais exteriores de riqueza, que acentuou depois de sair do poder. Com o País mergulhado em profunda crise.

O que o CM noticiou nos últimos anos é, naturalmente, apenas uma breve parte do que fica plasmado nas mais de quatro mil páginas da Acusação.

Aqui, resulta nítido o retrato de um País capturado por interesses privados de génese criminosa. Que a todos nos empobreceu.

Gente que, por um punhado de milhões, na Suíça ou Singapura, não hesitava em vender Portugal a retalho.
1
1