expresso.sapo.ptexpresso.sapo.pt - 17 set 15:00

O céu é o limite

O céu é o limite

Chama-se Luxury Concierge e quer estar uns furos acima da experiência turística habitual para usufruir em Lisboa (e não só). A ideia é proporcionar experiências inesquecíveis — qualquer que seja a sua definição do luxo

O lugar é improvável, isolado, surpreendente. Num beco desconhecido em Marvila, ao fundo de uma rua, um edifício meio délabré, com o encanto das casas imponentes em que são visíveis os sinais da passagem do tempo, abre-se para um corredor com um pátio em fundo. O espaço interior, com toldos a criar sombras, tem mesas e cadeiras dispersas, janelas que dão para um jardim espontâneo de figueiras e catos. Faz lembrar a Toscana, à luz dura do meio-dia. Há quadros nas paredes às quais falta caliça, e vinho branco, chá frio e maça fatiada com canela para dar as boas-vindas aos que chegam a este lugar — que ninguém supunha existir ali. Uma mesa, impecavelmente posta, com lugares designados, espera uma dezena de convidados.

Surpreender e agradar, criando impacto e boas recordações. Esta é a essência do Luxury Concierge, o novo projeto de Xana Nunes, empresária que detém a XN Brand Dynamics há 20 anos. (Diga-se, já agora, a quem possa não saber, que o concierge é aquela figura dos bons hotéis encarregue de organizar tudo aquilo que um hóspede desejar e quiser saber). Xana Nunes, ex-modelo e bailarina, move-se há muito entre os bastidores e as luzes de cena — há tempo suficiente para ter adquirido o conhecimento que oferecer propostas diferenciadas e mais trabalhadas aos turistas que procuram cada vez mais Portugal. Adquiriu-a, em primeiro lugar, graças à relação que manteve com as marcas de luxo, suas clientes, que lhe pediam eventos fabulosos em locais inesperados. Também acontecia, de vez em quando, chegarem-lhe celebridades como Miuccia Prada e o seu grupo, e ter de improvisar três dias exclusivos e memoráveis... Mais tarde, foi a vez do Lisbon Week, criado em 2012, que todos os anos elege um bairro da capital para dar a conhecer aos moradores segredos desconhecidos e abrir portas até aí fechadas. Isso ofereceu a Xana “um molho de chaves premium de lugares da cidade”, assim como acesso a historiadores e profundos conhecedores da Olissipo antiga e moderna. É esse acesso privilegiado que Xana Nunes considera ser a oportunidade para preencher uma lacuna, dirigida a “turistas exigentes, que procuram mais cultura”.

Há já várias propostas estruturadas, para satisfazer apetites selectos em matéria de experiências. A Secret Lisbon possibilita visitas a lugares especiais e recônditos, acompanhados por pessoas que conhecem alguns segredos da cidade; o Art-astic promete um tour eclético de rotas que interessam a artistas ou apreciadores de arte contemporânea — seja passando por alguns museus ou galerias pouco óbvios, seja com visitas a ateliês de pintores ou outros criadores; o Shopping Perfection aponta baterias a quem adora compras, mas sempre com uma mais-valia — como a visita da loja onde a princesa Diana comprava linho para a Casa Real. Outros, como o Regresso à Terra, prometem cruzar programas rurais como a vindima, a apanha da azeitona ou da cereja com a vertente da meditação, do ioga e do relaxamento. Há ainda a opção Ocean, para todos os que desejam praticar um desporto náutico — do surf à vela ou ao mergulho com golfinhos, e uni-la à ‘arte’ tão portuguesa de comer bom peixe e marisco.

Uma mesa posta no local que se quiser, com uma ementa cuidada e atenta aos pormenores; uma visita guiada ao interior de um sítio que desconhecia existir; uma visita de arte urbana, por espaços que não existem nos guias, acompanhados por especialistas de arte; ou um programa de natureza, em que apanhar cerejas, azeitonas ou uvas se pode mesclar com momentos de meditação ou ioga são alguns dos serviços possíveis do Luxury Concierge

Uma mesa posta no local que se quiser, com uma ementa cuidada e atenta aos pormenores; uma visita guiada ao interior de um sítio que desconhecia existir; uma visita de arte urbana, por espaços que não existem nos guias, acompanhados por especialistas de arte; ou um programa de natureza, em que apanhar cerejas, azeitonas ou uvas se pode mesclar com momentos de meditação ou ioga são alguns dos serviços possíveis do Luxury Concierge

Uma palavra fundamental impõe-se no meio disto tudo: personalização. Tudo é adaptado à medida dos desejos de quem procura. Se apetecer a quem vier comer ouriços do mar ou lagostins na praia, regados a champanhe fresco, isso arranja-se... Em pouco tempo, monta-se o cenário — à semelhança dos piqueniques que ‘brotam’ no meio da savana africana. Nada é impossível — e o objetivo do Luxury Concierge é “nunca oferecer nada igual”, explica Rosa Mello Rêgo, que durante 19 anos trabalhou em Londres nesta área. Na atual equipa de 12 pessoas, incluem-se especialistas em arte contemporânea, em história ou arquitetura, que permitem tornar especial uma “rota de azulejos” ou uma viagem de arquitetura através das obras de Pardal Monteiro. Inês Pais desenha as experiências do Secret Portugal; Rita Almeida Freitas é a expert de arte e Margarida Cruz é a prima donna da arte urbana. Susana Marques Pinto é a especialista em estilo e Ricardo Lopes trata do segmento de música (opção Lisbon Night Manager). Tudo em parceria com um rent-a-car de luxo (preço-base €300 por dia) e hotéis a condizer — com tendência para se alargar a todo o país. Além do Luxury Concierge, a XN também não descura a vertente dos eventos premium exclusivos para empresas. De volta ao nosso ponto de encontro quase secreto, a mesa posta de forma eclética e descontraída. Aqui, haverá qualidade mas sem bling-bling. As cadeiras de madeira pintadas, os copos de várias cores, o gafanhoto de prata poisado no meio das plantas decorativas, os marcadores que apontam os lugares. Tudo é memorável. Com simplicidade e arte. A arte de bem receber.

1
1