24.sapo.ptDiogo Faro - 16 set 16:11

Proibido futebol, sexo e galhofa em dia de eleições

Proibido futebol, sexo e galhofa em dia de eleições

O Estado já anunciou que não voltará a haver futebol em eleições futuras e, já nestas autárquicas, o Sporting – Porto será adiado para depois do fecho das urnas. Finalmente se começa a fazer algo para combater a abstenção. Como é que ainda nenhum Governo anterior se tinha lembrado que a solução era tratar-nos como texugos enrugados e iletrados que somos?

Um dos grandes problemas da abstenção foi sempre o futebol. Os portugueses, como seres medíocres e despromovidos de grande intelecto que somos, não se limitavam a perder duas horas a ver o jogo do seu clube. O problema é que acordam a pensar no jogo, têm de ir comprar minis e tremoços – ou ir para as roullotes ter comportamentos labregos e primitivos – entrar em estágio, ver o jogo e depois festejar ou digerir o resultado. Isto ocupa o dia todo. Agora, por via das dúvidas, o Governo devia proibir também a SPORTTV e a própria Internet neste dia para ninguém conseguir sequer ver jogos de outros campeonatos.

Mas isto, na minha humilde opinião de ser que mal tem capacidade para desenhar uma cruz no boletim de voto, não chega para combater a abstenção. O Governo devia proibir o sexo. Ninguém está devidamente focado nas eleições quando está a pensar em pénis, vaginas, mamas, orgasmos, põe e tira, todo esse processo maravilhoso que nos torna animais irracionais e não nos permite decidir claramente entre o Medina ou a Assunção Cristas. Aliás, um bom método era toda a gente ter cartazes de todos os candidatos colados nas paredes de suas casas, era garantido que ninguém tinha tesão.

Por último, se calhar daqui a uns anos se a abstenção ainda não for de 0%, é criar uma polícia para proibir o futebol (até os miúdos a jogar na rua), sexo (incluindo ver porno ou trocar nasty clips no whatsapp) e tudo o que for relacionado com galhofa no geral. Polícia Incrível Das Eleições e Contra a Abstenção, a PIDECA.

Espero que o Governo avance com estas minhas propostas porque proibir o futebol, percebendo - e bem - que somos todos uns energúmenos que nos babamos enquanto arrastamos a moca pelo chão à procura de uma bola para jogar e um veado para levar para a gruta para o jantar, parece-me que não vai chegar.

Até lá, não se esqueçam de votar e não fazer absolutamente mais nada nesse dia.

Sugestões mais ou menos culturais que, no caso de não valerem a pena, vos permitem vir insultar-me e cobrar-me uma jola: 

- Academia Kol Machine: Experimentei ir lá fazer kickbox e fiquei doido com aquilo. Venham os haters que já estou pronto para andar ao rotativo!

- Cara Trancada: Uma ilustradora corajosa de erotismo sarcástico. Procurem-na no Instagram que vale muito a pena.

- Bombeiros: Por todo o país, os bombeiros vão continuar a precisar de muita ajuda. Não deixem a onda de solidariedade passar e continuem a ajudar em força os vários quartéis.

1
1