rr.sapo.ptrr.sapo.pt - 14 ago 02:20

“O SIRESP tem a cara do primeiro-ministro”, acusa Passos

“O SIRESP tem a cara do primeiro-ministro”, acusa Passos

Líder do PSD diz que primeiro-ministro está a atacar a Altice por esta empresa não “ter ido ao beija-mão”.

“O SIRESP tem a cara do actual primeiro-ministro”, acusou Pedro Passos Coelho, o presidente do PSD no discurso que fez na Festa do Pontal, este domingo, em Quarteira. Na habitual rentrée social-democrata, Passos começou o ataque ao Governo pelos incêndios que continuam a arder, mostrando que não foram tiradas lições da tragédia de Pedrogão.

O líder do PSD acusou a Protecção Civil de estar a falhar e apontou as contradições do primeiro-ministro no que diz respeito ao sistema de comunicações de emergência (SIRESP), que também tem tido falhas sucessivas ao longo deste Verão.

Num primeiro momento, analisou o presidente do PSD, António Costa desvalorizou as falhas nas comunicações, mas este fim-de-semana veio responsabilizar a PT por essas falhas, numa entrevista ao semanário Expresso.

Passos Coelho relacionou a mudança de discurso de António Costa com a compra da TVI pela Altice, dona da PT. O primeiro-ministro, segundo o líder do PSD, não gostou que a Altice tivesse avançado para esse negócio sem ter sido primeiro “ao beija-mão” do Governo.

Ainda no que diz respeito aos incêndios, Passos Coelho avisou: “Haverá uma altura em que falaremos a sério de responsabilização política”. Essa altura ainda não chegou, mas o presidente social-democrata insiste que devem ser tiradas lições do que aconteceu e devem ser assumidas responsabilidades políticas.

Já à entrada para esta Festa do Pontal, Passos Coelho tinha dito que ainda foram tiradas poucas lições do que se passou no incêndio de Pedrogão, em que morreram 64 pessoas e acusou o Estado de continuar a ter uma atitude de desespero.

1
1