www.jornaldenegocios.ptjornaldenegocios.pt - 13 ago 18:55

Obama cita Mandela aos racistas de Charlottesville

Obama cita Mandela aos racistas de Charlottesville

O ex-presidente norte-americano Barack Obama reagiu à manifestação dos supremacistas brancos em Charlottoesville com uma frase de Nelson Mandela: ninguém nasce a odiar outra pessoa devido à cor da sua pele, ao seu passado ou religião.

Depois dos incidentes de ontem, 12 de Agosto, em Charlottesville (no Estado norte-americano da Virgínia), onde um grupo de supremacistas brancos de manifestou de forma violenta, hoje o presidente Donald Trump condenou "todas as formas de violência, intolerância e de ódio" e "todos os grupos extremistas", incluindo os movimentos associados �� supremacia branca.

Já o seu antecessor, Barack Obama, preferiu recorrer a uma célebre frase do sul-africano Nelson Mandela: "ninguém nasce a odiar outra pessoa devido à cor da sua pele, ao seu passado ou religião. As pessoas aprendem a odiar, e, se o podem fazer, também podem ser ensinadas a amar, porque o amor é mais natural no coração humano do que o seu oposto".

Obama escreveu a frase na sua conta pessoal do Twitter e a mensagem conta já com 700.000 retweets. 

"No one is born hating another person because of the color of his skin or his background or his religion..." pic.twitter.com/InZ58zkoAm

— Barack Obama (@BarackObama) 13 de agosto de 2017

A marcha, recorde-se, tinha sido convocada para contestar a decisão das autoridades estaduais de retirarem do centro da cidade de Charlottesville a estátua do general Robert E. Lee, que é considerado um símbolo da defesa do esclavagismo e do racismo.

Acorreram à manifestação os apoiantes do protesto nacionalista e os que estavam contra a marcha e rapidamente se desencadearam episódios de violência.

Um dos manifestantes lançou o seu carro sobre um grupo de manifestantes, tendo vitimado mortalmente uma mulher de 30 anos e causando mais de 30 feridos. Além disso, dois polícias faleceram quando o helicóptero em que seguiam caiu.

1
1