ionline.sapo.ptionline.sapo.pt - 13 ago 11:55

Dia do canhoto. Há 13 factos que provavelmente desconhece sobre esta ‘preferência’

Dia do canhoto. Há 13 factos que provavelmente desconhece sobre esta ‘preferência’

Esta preferência biológica pode revelar muito sobre si.

Este domingo, dia 13 de agosto, assinala-se o Dia Internacional dos Canhotos. Mas há várias coisas que desconhece sobre esta prefência.

1- Apenas 10% da população mundial é canhota;

2- Há mais homens canhotos do que mulheres;

3- Historicamente, as pessoas canhotas eram consideradas inferiores e o uso era associado a feitiçaria;

4- Os cumprimentos com a mão esquerda são considerados desrespeitosos, segundo o que se constava na altura da Idade Média;

5- As alianças são usadas no terceiro dedo da mão esquerda desde o tempo dos Gregos e dos Romanos, que a usavam nesse local para afastar o mal associado à mão esquerda;

6- O campeão de Ténis Rafael Nadal era destro e passou a ser um jogador canhoto. Há um mito de que o seu treinador e mentor Toni Nadal notou que essa mudança lhe daria mais vantagens no court;

7- Um estudo revelou que ser canhoto está ligado a uma maior criatividade intelectual;

8- O termo ‘ala esquerda’ remonta aos anos 1790, quando no parlamento revolucionário francês os socialistas se sentaram à esquerda. Na altura, as pessoas de esquerda eram consideradas hostis em relação aos interesses tradicionais das elites;

9- Tradicionalmente, o Cristianismo associava a esquerda com o diabo na sua descrição do Juízo Final;

10- Um estudo sugeriu que os canhotos eram melhores a fazer várias tarefas em simultâneo;

11- Os canhotos também podem pensar de forma diferente. Segundo um estudo da Universidade de Standford, a mão que se escolhe para escrever, comer ou coser pode determinar a forma como o cérebro processa as imagens e as coisas de forma construtiva;

12- Um estudo da Universidade de Liverpool e da Universidade de Milão sugere que as pessoas canhotas tendem a ser melhores a resolver problemas matemáticos do que as destras;

13- Os canhotos também podem ser melhores a combater, um estudo da Universidade de Montepellier sugere que os canhotos tendem mais a entrar em encontros violentos e normalmente ganham.

1
1