sol.sapo.ptsol.sapo.pt - 13 ago 14:43

Carol henrique é bicampeã nacional

Carol henrique é bicampeã nacional

Surfista de Cascais venceu o Miss Activo Cup e revalidou o título nacional de surf. Competição masculina ficará decidida na última etapa, que decorrerá em setembro, em Cascais.

«Estou muito feliz pelo bicampeonato porque era um objetivo. É mais uma estrela na minha carreira. Queria muito este bicampeonato. E, sem dúvida, a Costa Nova dá-me sorte». Foi desta forma que Carol Henrique, surfista cascalense de 22 anos, reagiu à vitória na final. Bateu Mariana Garcia, com 11.25 pontos (6.25 e 5.00), contra apenas 4.5 pontos (2.75 e 1.75) da sua adversária, numa altura em que já tinha vencido as quatro baterias em que participou com uma distância considerável para as suas adversárias.

Depois de já ter ganho as etapas da Ericeira e de Sintra, esta foi a terceira vitória de Henrique na Liga Nacional de Surf, voltando a atleta a conseguir um final feliz na Costa Nova, onde conquistou há exatamente um ano o primeiro título de campeã nacional. Com a liderança do ranking assegurada à chegada da quinta etapa, em Ílhavo, a verdade é que Carol só dependia de si para voltar a levantar o troféu. 

A atual bicampeã ainda beneficiou da ausência da sua principal rival nesta batalha, a ex-bicampeã nacional Teresa Bonvalot, de 17 anos, que se encontra nos Estados Unidos da América numa competição internacional. E a tarefa ficou ainda mais fácil com a eliminação precoce da atual vice-campeã nacional, Camilla Kemp, que também estava na luta pelo título de 2017, na segunda ronda do Miss Activo Cup.

Com o triunfo, Henrique amealhou mais 1000 pontos no ranking, totalizando 4460 pontos. Camilla Kemp subiu à segunda posição, com 3605 pontos, e a surfista algarvia Yolanda Hopkins, 3.ª no Miss Activo Cup, é agora também terceira no ranking nacional, com 3485 pontos. A falta de comparência de Teresa Bonvalot custou-lhe a descida à quarta posição, enquanto a finalista vencida, Mariana Garcia, fecha o top 5 nacional feminino.

«Foi muito cansativo, mas o resultado é ótimo. É a segunda vez que faço segundo lugar no Nacional deste ano, o que é muito bom. O mar estava difícil, mas bom, com boas ondas. Na final tentei as melhores ondas para poder estar à altura da Carol, mas não correu bem. O meu objetivo é ficar no top 5», adiantou por sua vez Mariana Garcia, que segue dentro do objetivo para a última etapa, a sexta, da Liga, a decorrer já no próximo mês de setembro, entre os dias 14 e 16, em Cascais.

Por decidir...

Recorde-se que, nesses mesmos dias, Cascais vai ser palco do título nacional masculino, naquela que será a quinta e última etapa da competição, havendo vários surfistas na corrida, liderada neste momento pelo ex-tricampeão nacional Vasco Ribeiro.

O surfista cascalense orientado por Tiago ‘Saca’ Pires já arrecadou duas vitórias em 2017, na segunda etapa e na quarta, disputadas na Praia do Cabedelo (Porto) e na Praia Grande (Sintra), respetivamente. Ribeiro segue atualmente na liderança com 3230 pontos, seguido pelo atual campeão em título, Pedro Henrique, com 2860 pontos. Ainda no pódio e com uma diferença mínima para o segundo classificado surge o surfista basco Gony Zubizarreta, com 2810 pontos. Tiago Pires e Miguel Blanco fecham o top 5 do ranking masculino antes da chegada a Cascais, com 2810 e 2740 pontos.
 

1
1