www.cmjornal.ptCésar Nogueira - 12 ago 01:30

Segurança em rutura

Segurança em rutura

Parque automóvel da GNR, insuficiente e degradado, é digno do 3.º mundo.
Os media deram esta semana ênfase a uma determinação da GNR que vai no sentido de poupar nas patrulhas auto, dando-se privilégio ao patrulhamento apeado.

As causas? Um orçamento exíguo, um parque automóvel que é insuficiente e está degradado, digno do terceiro mundo.

Muitos locais de serviço estão em situação de rutura absoluta e a segurança pública só não é comprometida graças ao altruísmo dos profissionais da Guarda, que prevalece sempre, mesmo quando os meios que usam colocam a sua própria segurança em risco. Mas nada disto é novo na GNR.

A última década tem tido como mote o desinvestimento nas polícias, pelo que este panorama é notícia pela sua gravidade e não pela surpresa que possa gerar.

E se por hipótese académica os profissionais se recusassem a circular em viaturas que os colocam em risco? Encerrariam os postos? Falemos com sentido de responsabilidade e de responsabilidades!

O investimento nas forças de segurança é urgente! Manter a operacionalidade da GNR no limite é persistir num erro cujas consequências podem ser trágicas, sendo que os erros dos outros, dos anteriores Governos, não desculpam o abandono a que hoje estão votadas as polícias.
1
1