www.jornaldenegocios.ptjornaldenegocios.pt - 18 jul 08:14

Bolsa desce pela terceira sessão consecutiva

Bolsa desce pela terceira sessão consecutiva

O PSI-20 está a ser pressionado pelo BCP, Galp Energia e EDP Renováveis.

A bolsa nacional abriu em terreno negativo, em linha com as principais praças europeias, numa abertura de sessão com fracas oscilações.


Na terceira sessão consecutiva em terreno negativo, o PSI-20 desce 0,17% para 5.284,72 pontos, com 12 cotadas em queda, quatro em alta e três sem variação.

As atenções dos investidores estão focadas no arranque da época de apresentação de resultados (hoje serão conhecidas as contas do Goldman Sachs e Bank of America) e também na reunião de quinta-feira do Banco Central Europeu, sendo elevada a expectativa sobre o discurso de Mario Draghi depois das palavras do presidente da autoridade monetária em Sintra terem sido interpretada como o início da política de retirada de estímulos. Em Lisboa a "earning season" arranca a 20 de Julho com a Nos.

A abertura da sessão em Lisboa volta a ser marcada pela fraca variação das cotadas com maior peso no índice. O Banco Comercial Português continua a corrigir dos ganhos da semana passada e desvaloriza 0,08% para 24,43 cêntimos, enquanto a Galp Energia cede 0,11% para 13,54 euros.

Ainda na energia a EDP Renováveis desce 0,49% para 6,859 euros e está mais perto do preço da OPA (6,75 euros), enquanto a EDP impede maiores quedas no índice ao avançar 0,31% para 2,959 euros.

A Jerónimo Martins também está em terreno positivo, com uma subida de 0,31% para 17,76 euros.    

A bolsa nacional abriu em terreno negativo, em linha com as principais praças europeias, numa abertura de sessão com fracas oscilações.


Na terceira sessão consecutiva em terreno negativo, o PSI-20 desce 0,17% para 5.284,72 pontos, com 12 cotadas em queda, quatro em alta e três sem variação.

As atenções dos investidores estão focadas no arranque da época de apresentação de resultados (hoje serão conhecidas as contas do Goldman Sachs e Bank of America) e também na reunião de quinta-feira do Banco Central Europeu, sendo elevada a expectativa sobre o discurso de Mario Draghi depois das palavras do presidente da autoridade monetária em Sintra terem sido interpretada como o início da política de retirada de estímulos. Em Lisboa a "earning season" arranca a 20 de Julho com a Nos.

A abertura da sessão em Lisboa volta a ser marcada pela fraca variação das cotadas com maior peso no índice. O Banco Comercial Português continua a corrigir dos ganhos da semana passada e desvaloriza 0,08% para 24,43 cêntimos, enquanto a Galp Energia cede 0,11% para 13,54 euros.

Ainda na energia a EDP Renováveis desce 0,49% para 6,859 euros e está mais perto do preço da OPA (6,75 euros), enquanto a EDP impede maiores quedas no índice ao avançar 0,31% para 2,959 euros.

A Jerónimo Martins também está em terreno positivo, com uma subida de 0,31% para 17,76 euros.    

1
1