observador.ptobservador.pt - 18 jul 13:27

Está à procura de casa? Pelo mesmo preço pode comprar uma ilha

Está à procura de casa? Pelo mesmo preço pode comprar uma ilha

A ilha Little Ross, no sul da Escócia, foi colocada à venda por 370.000 euros, menos do que viver numa casa de topo em Lisboa ou Porto. Mas, este sítio tem um passado peculiar.

Se procura casa em Lisboa poderá gastar até 1.575.000 euros, se optar por viver nas Amoreiras. Mesmo noutras regiões da capital portuguesa, um apartamento poderá custar entre 700 mil e um milhão de euros. Na baixa lisboeta, não espere gastar menos de 665 mil euros. Mas, por um preço mais baixo, pode optar por comprar uma ilha: a Little Ross Island, no sudoeste da Escócia.

Segundo o blog DGWGO, a ilha está à venda por pouco mais de 325.000 libras, o equivalente a 369.000 euros. Tem cerca de 12 hectares de terra, rodeados por mar. Incluí uma casa com seis quartos e com um pátio. A ilha também tem três celeiros em ruínas. Também não precisará de se preocupar com energia elétrica, já que esta é fornecida por painéis solares e turbinas de vento. Veja a fotogaleria abaixo para conhecer os vários espaços.

Com trabalho e carinho , as caraterísticas da ilha podem tornar-se em algo impressionante. Little Ross pode ser, novamente, um refúgio perfeito para desfrutar”, explica o imobiliário David Corrie, citado pelo ABC.

Caso esteja interessado em comprar esta ilha, não se esqueça de que também vai precisar de um helicóptero ou de um barco para chegar até ela.

Na ilha, também há um farol do século XIX, que opera sem a intervenção humana, mas que não está incluído no preço de venda da ilha. A verdade é que este farol está associado ao passado negro de Little Ross. E talvez ao seu baixo preço.

Em 1960, aconteceu algo peculiar no farol de Little Ross Island.

Hugh Clark, o responsável pelo farol, foi assassinado pelo seu colega, Robert Dickson. O cadáver foi descoberto por dois visitantes que viajaram para a ilha em lazer. O autor do homicídio foi condenado com uma pena de morte, mas a sentença acabou por ser alterada para prisão perpétua.

Este acontecimento protagonizou as manchetes de diversos jornais britânicos e de todo o mundo. E assombra a ilha agora à venda.

1
1