observador.ptobservador.pt - 17 jul 21:09

EuroAtlantic Airways reduz para uma as ligações semanais à Guiné-Bissau

EuroAtlantic Airways reduz para uma as ligações semanais à Guiné-Bissau

A partir de 2 de agosto a companhia aérea portuguesa euroAtlantic Airways vai realizar apenas um voo semanal para a capital da Guiné-Bissau devido ao "excedente de oferta de mercado".

A companhia aérea portuguesa euroAtlantic Airways anunciou esta segunda-feira, em comunicado, que a partir de 2 de agosto vai realizar apenas um voo semanal para a capital da Guiné-Bissau devido ao “excedente de oferta de mercado”. A companhia aérea realiza atualmente dois voos semanais para Bissau, um à quarta-feira e outro à sexta-feira.

A euroAtlantic Airways anuncia a suspensão a partir de 2 de agosto de 2017 da atual ligação a Bissau de quarta-feira, face a um excedente de oferta no mercado, mantendo a normal ligação às sextas-feiras no horário habitual”, refere a empresa.

No comunicado, a euroAtlantic Airways refere também que vai “continuar a aguardar da parte do Governo e da autoridade aérea da Guiné-Bissau, a conclusão do processo de Certificação do Aeroporto Internacional Osvaldo Vieira, exigido pelas autoridades da União Europeia para transporte de carga aérea, de países terceiros para a Europa”.

A euroAtlantic Airways refira-se, desde que opera em Bissau e até à atual data, nunca pode disponibilizar no mercado guineense a capacidade de transporte de cargas das suas aeronaves, tendo transmitido aos seus parceiros guineenses, toda a informação necessária à conclusão do dossiê”, acrescenta no comunicado.

Focada na operação de voos para outras companhias e ‘charters’, a euroAtlantic Airways opera voos regulares entre Lisboa e Bissau e é acionista de referência da STP Airways, que assegura ligações regulares entre Lisboa e São Tomé.

1
1